#JornalismoSemFakeNews

20 de maio de 2015 às 14:42

Robinson sai do gabinete e lê documento com reivindicações atendidas a lideranças de movimentos rurais

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Como tem feito desde que assumiu, o governador Robinson Faria desceu a rampa da Governadoria e, mais uma vez, recebeu na área externa do Centro Administrativo, líderes do movimento rural do Estado. 

Hoje foram agricultores representando o Grito da Terra, comandado pela Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Rio Grande do Norte (Fetarn). 

Robinson voltou a enfatizar que seu Governo será do diálogo.

Ele explicou que preferiu descer a rampa, em vez de receber uma comissão no gabinete, porque queria ler para todos o documento que foi entregue ao presidente da Fetarn, Manoel Cândido, com as respostas do Governo sobre as pautas de reivindicação. 

“Desde a apresentação das reivindicações, um grupo de doze secretários se pôs à disposição dos trabalhadores para encaminhar os pedidos dos agricultores”, afirmou o governador.

Eis as primeiras respostas apresentadas:

-a retomada da construção da Estrada da Produção, com o primeiro trecho que liga São Tomé a Cerro Corá para ficar pronto até o final do ano;

-reativação do Comitê Estadual de Acompanhamento Permanente das Ações de Convivência com o Semiárido; 

-instalação de um Gabinete de Gestão Integrada dos Recursos Hídricos para garantir o abastecimento de água; 

-a contrapartida do Garantia Safra, com o compromisso de pagar em tempo hábil o aporte relativo ao que diz respeito ao Estado; 

-a licitação da Barragem Umarizeiro, em Umarizal; a criação de um grupo de trabalho para elaborar a proposta do Centro de Referência de Manejo Sustentável; 

-até o final de junho será apresentado o Plano de Operações no meio rural pela Secretaria de Defesa Social. 

Por último o governador deu a boa notícia às mulheres do movimento rural que corriam o risco de não conseguir participar da 5ª Marcha das Margaridas, marcada para agosto, que vai para Brasília (DF), garantindo a cessão à Fetarn de seis ônibus custeados pelo Governo para o transporte delas.

Manoel Cândido agradeceu a atenção do governador Robinson Faria, enaltecendo a atitude “inédita” de sair do gabinete e receber o povo do lado de fora – nunca vivido antes pelo movimento rural em Governos anteriores – e agradeceu também a atenção recebida por todas as Secretarias de Estado que dialogaram com a Fetarn desde o início do ano e com mais ênfase nos últimos quinze dias. 

“Eu disse a toda minha equipe que recebesse vocês com toda a atenção e respeito nesse período de negociação e quero dizer também essa é a primeira etapa desse diálogo que vai existir durante toda minha gestão”.
Robinson recebeu a pauta no dia 29 de abril, e de lá para cá a comissão foi recebida por diversas Secretarias.

Fotos Demis Roussos

  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.