#JornalismoSemFakeNews

6 de julho de 2015 às 9:01

Após vitória do Não na Grécia, ministro das Finanças renuncia

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do G1

Ministro das Finanças da Grécia anuncia renúncia do cargo

Desligamento acontece um dia após população negar acordo. Reuniões entre países da zona do euro ocorrerão nesta segunda e terça
Um dia após os gregos decidirem não ceder às condições impostas por credores, o Ministro das Finanças da Grécia, Yanis Varoufakis, anunciou sua renúncia. Um porta-voz do governo informou que o nome que substituirá Varoufakis será anunciado após encontro de líderes políticos nesta segunda-feira (6).

O desligamento surpreende por ocorrer apesar da vitória do “não” em consulta popular sobre acordo com credores. Antes do referendo de domingo, Varoufakis havia ameaçado renunciar se o resultado do referendo deste domingo (5) fosse favorável à proposta dos credores.

Segundo a agência de notícias Reuters, Varoufakis disse “estar ciente” de que alguns membros da zona do euro não consideravam sua presença bem-vinda em encontros de ministros das Finanças (o Eurogrupo).

“Pouco após anunciar os resultados do referendo foi comunicado que havia certas preferências de alguns participantes do Eurogrupo que seria melhor que estivesse ausente destas reuniões, uma ideia que o primeiro-ministro considerou potencialmente útil”, disse Varoufakis em seu blog, acrescentando que por essa razão deixa hoje o Ministério das Finanças.

Varoufakis foi a figura mais controvertida no exterior. Nas reuniões do Eurogrupo, muitos ministros se queixavam – mais ou menos abertamente – que era difícil colaborar com o titular grego.

Isso levou o primeiro-ministro Alexis Tsipras a reduzir o papel de Varoufakis nas negociações em Bruxelas e deixar, de fato, o comando das conversas com o vice-ministro de Relações Internacionais Econômicas, Euclidis Tsakalotos, o mais cotado a assumir o cargo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.