Thaisa Galvão

30 de julho de 2015 às 21:21

Ao assumir gestão, vice-prefeito de Mossoró coloca nome à disposição para disputar eleição com Francisco José Jr [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Em Mossoró, a interinidade da Prefeitura, pelo vice Luiz Carlos (PT), foi marcada, pasme….pela traição do vice ao titular.

Em entrevista ao jornal Gazeta do Oeste, que será veiculada domingo, o vice anunciou que seu nome está à disposição do PT para disputar…a Prefeitura.
Isso mesmo: o vice pode ir para a disputa com o atual titular, Francisco José Júnior, desfazendo, a partir de agora, a aliança firmada na eleição suplementar de maio do ano passado.
  

No Palácio da Resistência poucos entenderam porque na interinidade do cargo, o vice-prefeito não tentou articular o fim da greve dos servidores, vez que o movimento é comandada por companheiros de partido do vice.
Já são 60 dias de paralisação.
O pior de tudo nessa história é que, poucos dias antes do prefeito interino se apresentar como provável pré-candidato-adversário do prefeito Francisco José Júnior, o PT emitiu nota desautorizando um assessor de Luiz Carlos a falar em nome do partido.
O episódio causou um mal-estar grande, deixando o vice-prefeito em maus lençóis, mas agora é o vice-prefeito que deixa o prefeito em maus lençóis.
Luiz Carlos integra uma das seis correntes do PT de Mossoró e se tornou vice-prefeito por escolha de Francisco José, e não pelo apoio das alas de sua legenda.
Em Mossoró se diz que, nos dez dias de interinidade, o vice-prefeito serviu mais à oposição do que à própria gestão da qual faz parte.
A interinidade do vice-prefeito Luiz Carlos terminou hoje.
O prefeito reassume, certo de que, a partir de agora, terá um inimigo ao seu lado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.