Thaisa Galvão

3 de setembro de 2015 às 17:45

Projeto que põe fim às doações de empresas a partidos e candidatos ainda poderá ser modificado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O fim das doações de empresas para partidos políticos e candidatos a cargos eletivos, aprovado ontem no Senado ainda não pode ser comemorado por quem torce pelo fim da relação, na maioria das vezes promíscua, entre políticos e grupos empresariais.
É que a votação foi apertada, placar de 36 a 31…e como a proposta votada havia sido bastante modificada, os senadores ainda vão decidir o texto final.

Coisa ainda pra semana que vem, depois do feriado de 7 de setembro.

O relator da proposta é o senador Romero Jucá, do PMDB.

Da forma como os senadores decidiram, os partidos políticos poderão receber recursos apenas de pessoas físicas e do fundo partidário.

O que não significa que as próximas eleições serão limpinhas.

Como pra tudo tem jeito, principamente pra coisas erradas, as doações de empresas encontrarão formas de se transformarem em doações de pessoas físicas…

“Proibimos a doação de empresas mas os empresários ainda poderão doar”, afirmou a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), autora da emenda que modificou o texto-base.

Entendeu por que vai ser tudo como antes?

E ainda dizem que a decisão foi histórica.

Muita calma nessa hora que o processo ainda vai ter que passar pelos 513 deputados, na Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.