#JornalismoSemFakeNews

16 de setembro de 2015 às 17:52

Jurista Hélio Bicudo reage a declaração de Dilma sobre golpe e registra em cartório documento que pede impeachment da presidente

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

A presidente Dilma Rousseff foi hoje a Presidente Prudente, no interior de São Paulo.Em clima de campanha política fez entrega de 2.343 casas do programa Minha Casa, Minha Vida.

Foi aplaudida e ouviu dos militantes gritos de “Não vai ter golpe”.

Para Dilma, “Qualquer forma de encurtar o caminho da rotatividade democrática é golpe sim, é golpe. Principalmente quando esse caminho é feito só de atalhos. É feito só de atalhos questionáveis”, disse a presidente.

Mais tarde, reunido com o jurista Miguel Reale Jr. e a professora de Direito da USP Janaína Paschoal, em um Cartório de Notas de São Paulo, para reconhecer firma do documento que pede o impeachment do Dilma Rousseff, o jurista e fundador do PT, Hélio Bicudo, reagiu.

“Esse negócio de falar que é golpismo, é golpismo de quem fala. Estamos agindo de acordo com o que a constituição diz”, afirmou Bicudo, se referindo às declarações de Dilma no interior de São Paulo, e com propriedade de quem já dividiu palanque com o ex-presidente Lula, quando os dois formaram chapa e disputaram sem sucesso o governo de São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.