Thaisa Galvão

8 de novembro de 2015 às 23:40

UFC: Vítor Belfort nocauteia Dan Henderson e solta o verbo: “Fora governo corrupto” [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Depois de nocautear Dan Henderson ontem à noite em São Paulo, e enlouquecer os fãs do UFC no Brasil, o brasileiro Vítor Belfort soltou o verbo.

Entrevistado por uma TV americana, com tradutor ao lado, em vez de responder à pergunta, agradeceu aos fãs e desabafou: “Fora governo corrupto”.

VÍDEO Clique Aqui e veja o desabafo de Belfort

  
  

8 de novembro de 2015 às 20:42

Governador discute soluções para o abastecimento d’água em Caicó e entrega adutora no distrito de Palma [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Acompanhado do presidente da Caern, Marcelo Toscano, o governador Robinson Faria diacutiu hoje, em Caicó, possíveis soluções para o abastecimento d’água do município, que vive o dilema de ver seu maior reservatório, o açude Itans, secar de vez.

O governador foi dialogar com a população, classe política e lideranças do Seridó para encontrar alternativas viáveis para resolver a situação da oferta de água.

“Essa é uma situação que necessita de total atenção. O Rio Grande do Norte enfrenta uma das piores crises hídricas de sua história e precisamos garantir os meios para a população ter acesso à água de qualidade”, disse o governador.

Algumas possibilidades foram levantadas: o desassoreamento do rio Coremas/Mãe D’água, numa ação conjunta do Rio Grande do Norte com a Paraíba, e ainda a perfuração de poços, abastecimento com carros-pipa e instalação de dessalinizadores.

Mas a solução definitiva, que já tem o projeto concluído, é a captação da água da barragem Armando Ribeiro Gonçalves, a partir da adutora da Serra de Santana. A obra está orçada em R$ 48 milhões. 

“Vou levar o projeto ao Ministério da Integração para tentar destravar essa obra importante para nosso estado. Já solicitei, inclusive, uma audiência com a presidenta Dilma Rousseff para tratar exclusivamente da questão hídrica do RN”, disse o governador, que na companhia do deputado Vivaldo Costa e auxiliares do governo, foi ao distrito de Palma e entregou uma adutora que capta água da barragem de Carnaúba, em São João do Sabugi. 

O sistema será administrado pela Caern, e atende 500 pessoas da comunidade, com 130 ligações e 20km de extensão.
Fotos Demis Roussos

  

8 de novembro de 2015 às 20:10

Governador Robinson Faria começa a discutir federalização do Hospital Regional de Caicó [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Além de entregar hoje uma ambulância ao Hospital Regiona de Caicó, o governador Robinson Faria, que foi ao município acompanhado do secretário de Saúde, Ricardo Lagreca, deu início a uma discussão em torno da federalização da unidade de saúde.

A unidade foi uma promessa do chefe do Executivo estadual em julho deste ano, durante a Festa de Santana, quando assumiu o compromisso com a cidade pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), que administra os hospitais universitários em todo o país, como o Onofre Lopes, em Natal.

No dia 12 de novembro, Lagreca, representantes da empresa e a reitora da UFRN, Ângela Paiva, se reunirão para discutir a possibilidade.

“A federalização tornará melhor o padrão do serviço no município porque seguirá os moldes de uma instituição federal de ensino. Discutiremos muito isso para termos informações precisas para garantir um funcionamento digno para todos”, declarou o governador hoje em Caicó.
“A atitude é importante, corajosa e mostra o compromisso do Governo em tomar decisões ágeis”, definiu o secretário Ricardo Lagreca.
Robinson garantiu que o Hospital Regional do Seridó continuará oferecendo o serviço de hemodiálise com a oferta de água própria para esse tipo de intervenção. 

“Viemos aqui para ouvir o que a população tem a falar. Queremos saber das sugestões e problemas para solucionar o mais rápido possível”.

No hospital, quando entregou a ambulância, o governador lembrou que estava ali cumprindo uma promessa feita em julho deste ano, durante a Festa de Santana.
Fotos Demis Roussos

  

8 de novembro de 2015 às 19:58

Senador Garibaldi Filho agradece confiança do povo de Passagem [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do senador Garibaldi Filho sobre o resultado da eleição no município de Passagem:

“Agradeço ao povo de Passagem, região Agreste do Rio Grande do Norte, que neste domingo deu seu voto de confiança ao PMDB, elegendo o prefeito Tota Fagundes e o vice Luciano Silvestre. Tenho certeza que ambos honrarão a confiança realizando, com nossa ajuda, uma administração profícua”.

8 de novembro de 2015 às 19:55

TRE divulga resultado oficial da eleição suplementar de Passagem [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte já divulgou o resultado oficial da eleição suplementar no município de Passagem.

O resultado foi conhecido 56 minutos depois do fim da votação.

Dos 3.597 eleitores aptos a votar, 3.066 compareceram às urnas, o que representa uma abstenção de 14,76 %. 

A coligação vencedora obteve 1.312 votos (44,15 % dos votos válidos).

Em segundo lugar ficaram Lívia Laisy Lima Torres Silva e Ricardo Romeiro, ambos do PSD, com 887 votos.

Lucinaldo Chaves, do PT e Irmão Robson, do DEM, obtiveram 773 votos. 

Apenas 21 eleitores votaram em branco (0,68 %) e 73 votaram nulo (2,38 %).

De acordo com o TRE, durante todo o dia nenhuma urna apresentou problema e a eleição foi tranquila.

8 de novembro de 2015 às 17:55

Chapa puro-sangue do PMDB vence eleição suplementar em Passagem que terá Tota Fagundes como prefeito [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Candidato na chapa puro-sangue do PMDB, Tota Fagundes ganhou a eleição para prefeito do município de Passagem, que elegeu como vice o peemedebista Luciano.

Tota disputou a eleição con os candidatos do PSD, Livia e do PT, Lucivaldo.

Na quinta-feira à noite, no encerramento da campanha, a chapa vencedora recebeu o senador Garibaldi Filho, o ministro Henrique Alves e o deputado Tomba Farias.

8 de novembro de 2015 às 17:15

Depois de dizer que não pode se posicionar em relação ao hub, Henrique aparecerá na TV defendendo que a LATAM se instale no RN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Depois da presidente Dilma Rousseff dar uma ajudinha ao Ceará, mesmo sendo presidente do Brasil, eis que o ministro Henrique Alves decidiu mostrar que é ministro do Brasil, mas é do Rio Grande do Norte.

E nas inserções do PMDB que vão ao ar amanhã na TV, o ministro aparece diante do aeroporto que leva o nome do pai, Aluízio Alves, dizendo que o PMDB está na luta pelo hub.

Não é bem o ministro, mas o presidente do PMDB que fala…

Mas tá valendo.

O que o Rio Grande do Norte quer é o hub.

VÍDEO Clique Aqui e veja a participação de Henrique no espaço do PMDB na TV

  

8 de novembro de 2015 às 14:45

Governo de Minas mostra que avião do Estado foi emprestado por Aécio Neves a políticos e celebridades [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Por que será que uso particular de aviões públicos nunca vai sair da pauta da política no Brasil?

Viajar “de graça” sempre na pauta…
Da Folha:

Aécio Neves cedeu avião de Minas a políticos e celebridades

RANIER BRAGON

AGUIRRE TALENTO

DE BRASÍLIA

Registros do Gabinete Militar de Minas Gerais mostram que durante o governo do tucano Aécio Neves (2003-2010) aeronaves do Estado foram cedidas para deslocamentos de políticos, celebridades, empresários e outras pessoas de fora da administração pública a pedido do então governador mineiro.
Essas viagens não encontram amparo explícito na legislação que desde 2005 regula o uso das aeronaves oficiais do Estado, um decreto e uma resolução assinados pelo próprio Aécio.
O tucano afirma, por meio de sua assessoria, que a legislação estabelece apenas diretrizes, que os voos foram regulares e atenderam a interesses do Estado.

  

  
Por meio da Lei de Acesso à Informação, a Folha obteve do governo de Minas, comandado hoje pelo petista Fernando Pimentel, adversário político de Aécio, a relação dos 1.423 voos entre janeiro de 2003 e março de 2010 em que o nome do tucano figura como solicitante.
Desses, em 198 voos não houve a presença nem de Aécio nem de agentes públicos autorizados pela legislação a usar essas aeronaves, como secretários de Estado, vice-governador e o presidente da Assembleia Legislativa.
Dois desses voos solicitados por Aécio foram usados em 2004 —um ano antes da edição do decreto e da resolução— pelo apresentador da Rede Globo Luciano Huck, amigo do tucano, para se deslocar de Belo Horizonte ao interior de Minas. Um desses voos também teve a presença da dupla Sandy e Júnior, que na ocasião gravava em Minas um novo quadro para o “Caldeirão do Huck”, o “Quebrando a Rotina”.

  
O programa mostrava os três percorrendo a Estrada Real de Minas Gerais. “O trio visitou locais históricos como os municípios de Ouro Preto e Santa Bárbara. Eles conheceram também paisagens exuberantes, como o Parque Natural do Caraça, e proporcionaram ao público cenas inusitadas como Sandy lavando louça e Junior montando em um jumento”, diz o texto de descrição do quadro no site oficial do “Caldeirão”.
Outros integrantes e ex-integrantes da Globo usaram jatos e turboélices do Estado —os atores José Wilker (que morreu em 2014) e Milton Gonçalves, em 2008, além do ex-executivo da rede José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, em 2003.
Dias antes de deixar o governo, em março de 2010, Aécio também cedeu o helicóptero para que o então presidente do grupo Abril, Roberto Civita (morto em 2013) e sua mulher, Maria Antônia, visitassem o Instituto Inhotim, museu de arte contemporânea do empresário Bernardo Paz em Brumadinho (53 km de Belo Horizonte).
O ex-presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) Ricardo Teixeira também aparece nos registros como tendo usado por três vezes o helicóptero, em deslocamentos dentro de Belo Horizonte, e em outras três vezes um dos jatos para viagens de BH a São Paulo e ao Rio, entre 2006 e 2009.

  

As viagens em que Aécio não figura como passageiro listam trechos para fora de Minas Gerais que têm ainda como passageiros vários políticos —com ou sem mandato— tucanos, de partidos aliados e até alguns adversários, outras autoridades federais dos Três Poderes e comitivas de jornalistas —a Folha esteve em um desses voos para acompanhar uma agenda de Aécio em Lavras.
A reportagem obteve também os dados dos voos dos governos Anastasia (2010-2014), afilhado político de Aécio, e Pimentel (2015).
No caso de Anastasia, há ao menos 60 voos sem a presença de autoridades estaduais. Há deslocamentos para o próprio Aécio, para políticos, magistrados estaduais, ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) e novamente para Ricardo Teixeira.
Sobre os voos de Pimentel, nos seus primeiros nove meses de gestão um voo foi cedido para uma autoridade fora da administração, segundo os registros enviados pelo governo mineiro: um deslocamento do presidente do Supremo, Ricardo Lewandowski, e de sua mulher, Yara, de Belo Horizonte a São Paulo, em março deste ano.
Na comparação, foram em média 2,3 voos mensais durante o governo Aécio, 1,3 voo na gestão Anastasia e 0,1 de Pimentel.
Em setembro, a Folha mostrou que Aécio usou jatos oficiais do Estado para ir de Belo Horizonte ao Rio de Janeiro em 124 ocasiões durante a sua gestão em Minas.
A legislação mineira que disciplina o uso das aeronaves oficiais se resume ao decreto 44.028 e à resolução 3, ambos de 2005. O decreto define que “a utilização das aeronaves oficiais será feita, exclusivamente, no âmbito da administração pública estadual (…) para desempenho de atividades próprias dos serviços públicos.”
A resolução, que regulamenta o decreto, estabelece que as aeronaves “destinam-se ao transporte do governador, vice-governador, secretários de Estado, ao presidente da Assembleia Legislativa e outras autoridades públicas ou agentes públicos, quando integrantes de comitivas dos titulares dos cargos”.


OUTRO LADO

A assessoria de imprensa de Aécio Neves afirmou que “todos os voos foram regulares, dentro das normas legais e atenderam a interesses da administração do Estado.”
Apesar de a legislação definir que duas das aeronaves se destinam aos deslocamentos do governador, elas não se limitam “ao seu uso pessoal exclusivo, compreendendo, portanto, o atendimento de demandas e necessidades do chefe do Executivo”, diz a nota enviada pelo tucano.
A assessoria afirma que Aécio determinou que todos registros de voos trouxessem os nomes dos passageiros, assegurando transparência.
Sobre a cessão do helicóptero para a gravação do “Quebrando a Rotina”, a assessoria diz que o Estado ofereceu apoio de infraestrutura “para uma grande ação de divulgação turística, no caso, a divulgação de um roteiro turístico, a Estrada Real”.
Da mesma forma, segue a nota, o transporte de Civita “atendeu o objetivo de divulgar o Museu de Arte Contemporânea apresentando-o a um dos maiores empresários de comunicação do país”. A assessoria enviou uma reportagem sobre o museu publicada posteriormente na revista “Veja”.
Em relação à concessão de um jato para levar o empresário José Bonifácio Oliveira Sobrinho de BH ao Rio, a assessoria diz que o governo solicitou a colaboração do ex-executivo da Globo na definição de diretrizes para a TV Minas. Sobre o transporte dos atores Milton Gonçalves e José Wilker entre BH e o Rio, a razão seria a participação em ato contra a corrupção apoiado pelo governo de Minas.
Sobre as viagens do ex-presidente da CBF, a afirmação é a de que elas se deram “em atendimento a agendas com o governador à época da candidatura do Brasil para sediar os jogos da Copa de 2014”.
A Comunicação da Globo enviou dados sobre a logística bancada pela emissora para o “Quebrando a Rotina”, entre elas passagens aéreas e aluguel de helicópteros particulares. O uso da aeronave oficial oficial faria parte de um acordo de “facilidades de produção”.
Também via Comunicação da Globo, o ator Milton Gonçalves afirmou não se lembrar da viagem. “Não uso nada que não seja legal e que todos possam saber. Se isso de fato ocorreu, basta comprovarem e me dizerem quanto foi o voo que eu pago”, disse o ator.
A assessoria dos cantores Sandy e Júnior disse que como os dois foram convidados pelo programa, a logística coube ao “Caldeirão”.
Boni afirmou que a pedido do governo estadual fez uma análise da TV Minas. “Não cobrei pela visita e nem pela minha opinião, por considerar uma contribuição à TV pública. Fui do Rio a BH pagando minha passagem. Na volta aceitei uma carona com o governador, que já vinha para o Rio”, afirmou. O registro do governo mineiro, porém, indica que o empresário foi o único passageiro.
A assessoria do agora senador Antônio Anastasia (PSDB-MG) afirmou que os deslocamentos foram de autoridades que participaram de eventos ou reuniões no Estado e que as viagens cumpriram o disposto na legislação.
A assessoria de Fernando Pimentel disse que Lewandowski cumpriu agenda oficial em Belo Horizonte, tendo recebido o Colar do Mérito Judiciário Militar.
O presidente do STF e a Abril não se pronunciaram. A Folha não conseguiu falar com Ricardo Teixeira.

8 de novembro de 2015 às 14:03

Governador Robinson Faria entrega ambulância ao Hospital Regional de Caicó [0] Comentários | Deixe seu comentário.

No instagram:

   
 

8 de novembro de 2015 às 12:54

MG: Prefeito de cidade invadida por lamaçal de barragens de rejeitos de minério é internado com suspeita de infarto [0] Comentários | Deixe seu comentário.

N’O Globo Online:

Prefeito de Mariana é internado com suspeita de infarto

Nos últimos três dias, Duarte Júnior (PPS), comandou o trabalho das equipes de resgate

POR DANDARA TINOCO E MARIANA SANCHES

08/11/15 – 13h48

  
MARIANA (MG) — O prefeito de Mariana, Duarte Júnior (PPS), está internado no Hospital Monsenhor Horta, em Mariana, com suspeita de infarto. Ele sentiu dores no peito na manhã deste domingo, e exames preliminares em uma clínica na cidade registraram alterações nos batimentos cardíacos. Nos últimos três dias, o prefeito, conhecido como Du, comandou o trabalho das equipes de resgate e divulgação das informações sobre o rompimento das barragens de rejeitos de minério no distrito de Bento Rodrigues. Duarte Júnior foi eleito vice-prefeito e assumiu a prefeitura após a cassação do mandato de Celso Cota, em julho deste ano por improbidade administrativa.
De acordo com a mulher dele, Regiane Oliveira, ele está sem dormir desde o acidente. Nesta madrugada, ele também ficou muito preocupado com uma forte chuva que caiu no município, segundo ela.
De acordo com o último boletim médico, divulgado às 11h40, o prefeito segue em observação: “Após avaliação mais especializada, não foi constada nenhuma alteração clínica, eletrocardiográfica ou alterações de exames laboratoriais”. Ele passará por novos exames de procedimento padrão. Ainda segundo o boletim, “a principal hipótese causadora deste quadro clínico é o stresse e o cansaço causados pelo intenso trabalho dos últimos dias”.
Em seu perfil no Facebook, o prefeito postou um vídeo na sexta-feira para falar sobre o momento difícill que a cidade passa e agradecer a ajuda de todos.
Vinte e oito pessoas estão desaparecidas, entre elas há três crianças (de 4, 5 e 7 anos), dois jovens e um idoso, além dos 13 funcionários da mineradora Samarco, que trabalhavam no local. Ainda não se sabe a causa do acidente.
O Governo de Minas Gerais confirmou na ontem a segunda morte entre as vítimas do rompimento das barragens. O corpo, ainda não foi identificado, foi encontrado junto ao leito do rio, no município de Rio doce, a cerca de 100 quilômetros do local do acidente.

8 de novembro de 2015 às 12:44

Deputados em missão no exterior vão debater com  governo sobre intenção de grupo alemão instalar fábrica no Rio Grande do Norte [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A comitiva de deputados estaduais do Rio Grande do Norte conclui hoje a missão à Alemanha em reunião com a empresa UAS, da cidade de Viechtach, na Bavária. 
A empresa é especialista em estudos de viabilidade e na implantação de fábricas de polissilício no mundo, matéria-prima para a produção das placas fotovoltaicas e microeletrônicos. 
Os parlamentares potiguares Galeno Torquato (PSD), George Soares (PR) e Gustavo Fernandes (PMDB) ouviram dos representantes da empresa o interesse em construir uma fábrica de Polissilício no Rio Grande do Norte, que seria a primeira da América Latina. 
Para a empresa alemã, o Rio Grande do Norte tem, à primeira vista, os requisitos necessários para receber a indústria com potencial de criar um polo industrial no seu entorno.
O tema trazido pelos deputados será debatido na Assembleia Legislativa e encaminhado ao Governo do Estado como alternativa para um novo momento na industrialização do Rio Grande do Norte, após a redução de investimos por parte da Petrobras. 
Para os deputados, a troca de experiência, informações e tecnologias adquiridas na viagem servirão como base para apresentação do projeto de lei para o Plano Estadual de Apoio às Energias Renováveis, e para validar o Poder Legislativo como elo na busca de soluções de desenvolvimento para o estado, em parceria com as instituições da sociedade, como as cooperativas.

  

8 de novembro de 2015 às 11:30

Serviço de call center é contratado para tentar mudar voto de advogados na disputa pela presidência da OAB/RN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Tem um serviço de Call Center atuando pesado no processo de sucessão da OAB do Rio Grande do Norte.

Advogados tem recebido ligações de números com prefixos 11, de São Paulo, 33 de Minas Gerais e 81 de Pernambuco.

Do outro lado da linha são feitas perguntas básicas sobre a Ordem e sobre a preferência do entrevistado.

O Blog falou com advogados que não  estão atuando na campanha, mas que votam…

Eleitor do advogado-candidato da situação Paulo Coutinho, ao declarar o voto, disse que a entrevistadora fez mais uma perguntinha e deu por concluído seu interrogatório.

Já o advogado que disse ter declarado votar na candidata de oposição, a advogada Magna Letícia, se viu num fogo cruzado de perguntas sugestivas a uma possível mudança de posição.

O profissiona ouvido pelo Blog questionou o entrevistador e disse que ele estava falando com um advogado que entendia muito bem o seu papel de estar contratado, não para fazer pesquisa, como disse no começo da ligação, mas para pedir votos para o candidato da situação.

Já o asvogado que disse ter recebido ligação de número com prefixo de Pernambuco, afirmou que respondeu a perfuntas de um entrevistador dizendo estar fazendo uma pesquisa contratada ao instituto IPESP.

A eleição para presidente da OAB será no dia 16.

Na segunda-feira, às 20 horas, Paulo Coutinho e Magna Letícia se enfrentarão no debate promovido pela TV Câmara.

8 de novembro de 2015 às 11:18

Fátima Bezerra, Robinson Faria e Henrique Alves disputam a Prefeitura de Passagem neste domingo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

PT, PSD e PMDB disputam hoje a Prefeitura de Passagem, no Agreste do Rio Grande do Norte, que realiza pleito suplementar para substituir o prefeito Dedé de Babá, e a vice Josefa, ambos do DEM, que foram cassados.

Na disputa de hoje, queda de braço entre políticos do andar de cima dos partidos.

A senadora Fátima Bezerra, do PT, no palanque com o DEM do senador José Agripino, apoia a chapa formada por Lucinaldo Chaves (PT) e Irmão Robson (DEM).

O governador Robinson Faria, do PSD, está no palanque da chapa puro-sangue formada por Lívia e Ricardo.

E o ministro Henrique Alves e o senador Garibaldi Filho, do PMDB, apoiam a chapa, também puro-sangue, formada por Tota Fagundes e Luciano.

A votação que teve início às 8 horas será encerrada às 17 horas, devendo o eleito ser conhecido menos de uma hora depois do início da apuração.

Passagem integra a 13ª zona eleitoral, com sede em Santo Antonio.

O pleito de hoje está sob responsabilidade do juiz Ricardo Henrique de Farias.

8 de novembro de 2015 às 10:56

Extremoz sem coleta há 15 dias [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Uma crise entre a empresa de coleta de lixo e a Prefeitura de Extremoz, que apelou para uma solução emergencial mas ainda sem solução, vem deixando o município assim nos últimos 15 dias:

  
Cenas do centro da cidade e das praias de Redinha Nova, Santa Rita, Jenipabu, Pitangui, Barra do Rio, Graçandu…

8 de novembro de 2015 às 10:43

Hub da TAM: já que a presidente do Brasil ajuda ao Ceará, o ministro do Brasil poderia ajudar ao RN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Por Thaisa Galvão




A TAM adiou para o próximo ano o anúncio do estado que sediará o hub do grupo LATAM no Nordeste.
Disputa até agora acirrada entre Rio Grande do Norte e Ceará, com Pernambuco correndo por fora, contando somente com a força política, já que as condições técnicas são as mais desfavoráveis entre os 3 concorrentes.

O motivo do adiamento é a necessidade de se definir melhor os critérios exigidos. Pelo menos é o que diz a TAM, alertando que os aeroportos ainda não oferecem condições de sediarem o centro de conexões de voos nacionais e internacionais.

Para a TAM, problemas de infraestrutura aeroportuária, experiência do cliente e competitividade em custos ainda existem nos 3 aeroportos.
O adiamento pode fortalecer Fortaleza na disputa e tirar Recife de vez do páreo.
O aeroporto do Ceará ainda não foi privatizado – o que seria uma regra – e pode ter ganhado tempo para isso.

O Estado precisava da doação do vizinho terreno pertencente à Base Aérea, e isso o governo Dilma Rousseff, do mesmo PT do governador cearense Camilo Santana, já providenciou.
E a doação já foi publicada no Diário Oficial da União, faltando só uma portaria da Força Aérea Brasileira à Secretaria de Aviação Civil para ser finalizado o processo. Mas, isso é café pequeno em relação à doação, que seria o mais complicado.

O adiamento da TAM animou o Ceará, que via até então, o Rio Grande do Norte como favorito.
Pode não ser mais o favorito, mas continua sendo, tecnicamente, o mais indicado.

Aí vem a dúvida:
A TAM adiou o projeto pelo que está justificando mesmo ou por preferir aguardar passar o momento de crise que afeta, principalmente o setor aéreo, vez que fazer turismo ficou para segundo plano entre as prioridades dos brasileiros?
Porque se a TAM quer mesmo que as exigências sejam cumpridas, por que fazer com que os Estados, que estão em dificuldades até mesmo para pagar folha de funcionários, gastem o que não tem para se adaptar a uma exigência e morrer na praia…serem descartados?

Mais sensato para o Grupo LATAM seria definir o Estado e estipular um prazo para as últimas exigências serem cumpridas, sob pena do hub se instalar em outro estado concorrente, já que todos vem se preparando até agora.

Não justifica a TAM exigir que estado A ou B cumpra exigências que não estariam nas prioridades financeiras não fosse a aposta em conquistar o hub.
A crise não permite se brincar com dinheiro como quer a TAM ao anunciar o adiamento. São os cofres públicos do Rio Grande do Norte, Ceará e Pernambuco que estão em jogo.

Apesar da TAM justificar que a escolha não será política, a presidente Dilma Rousseff já fez a sua parte para o Ceará.
Não estaria na hora do ministro do Turismo, Henrique Alves, fazer a sua parte em prol do Rio Grande do Norte?
Henrique tem dito que não pode se posicionar porque não é um ministro do Rio Grande do Norte, mas do Brasil.
Mas Dilma também não é uma presidente do Ceará…
A justificativa de Henrique cai por terra depois do gesto de Dilma.

Está mais do que na hora do ministro esquecer que é adversário do governador Robinson Faria; o que ele não pode e não deve é ser adversário do Rio Grande do Norte.

O ministro potiguar poderia atuar nos bastidores para ajudar a manter o posicionamento na disputa já garantido pelo governo estadual.
Até porque, o cargo de ministro de Henrique, pelo menos no governo Dilma, tem só 3 anos pela frente.
E o desenvolvimento do RN tem o tempo todo pela frente.
Como costuma dizer o próprio Henrique: “Ainda tem muito Rio Grande do Norte pela frente”.

Sem união, o hino pode mudar..

Tem muito Ceará pela frente…

8 de novembro de 2015 às 10:40

Crise que faz Grupo LATAM demitir e cancelar voos pode ter motivado o adiamento do projeto do hub no Nordeste [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O adiamento da TAM sobre o hub da LATAM pode ter, como motivo maior, a crise econômica do Brasil e países da América do Sul que afeta a companhia aérea.

Basta voltar 3 meses no tempo e reler essa reportagem publicada em julho na Folha de S. Paulo:

  
O grupo Latam (união das aéreas TAM e LAN) estima que serão necessários dois ou três anos para que as economias regionais se fortaleçam e as próprias medidas de corte de custos se traduzam em melhores resultados financeiros para a empresa, disse o presidente executivo da companhia, Enrique Cueto, em entrevista a um jornal chileno publicada neste domingo (26 de julho).

A Latam tem registrado prejuízo desde que foi criada, em 2012, a partir da fusão da LAN, do Chile, e da TAM. Mas o fato de não ter conseguido lucrar no primeiro trimestre de 2015 foi surpreendente.
“O problema da Latam hoje é a economia da região. Não é a companhia, o efeito da fusão, os custos da companhia ou qualquer tipo de ineficiência”, disse Cueto ao jornal chileno “El Mercurio”.

O grupo tem sido particularmente afetado pela desaceleração da economia do Brasil e pela desvalorização do real. Mas os crescimentos de Argentina, Chile, Peru e Paraguai também desaceleraram.
Cueto disse ao “El Mercurio”, porém, que segue otimista, acreditando que os cortes, incluindo um pacote de corte de custos de US$ 800 milhões até 2018, deverão melhorar os balanços da companhia aérea. Mas admite que isso não ocorrerá a curto prazo.

“Se alguém quer ver grandes resultados terá de esperar dois ou três anos”, disse Cueto.

CORTES




Na última segunda-feira (20 de julho), a TAM anunciou que cortará entre 8% e 10% suas operações no Brasil até o fim do ano e atribuiu a medida à desaceleração do setor, provocada por um cenário de aumento da inflação e alta do dólar.
A estimativa da empresa é que a redução das operações signifique o corte de cerca de 2% de seu quadro de funcionários -atualmente, são cerca de 28 mil trabalhadores da companhia. Ainda de acordo com a TAM, as demissões não afetarão a tripulação, devido aos planos de crescimento de médio prazo da aérea.

Na lista de voos cancelados estão trechos que eram feitos de segunda a sexta entre o Brasil e a Itália, conectando Guarulhos (SP) e o Aeroporto Milano Malpensa (na província de Varese, perto de Milão). Há também voos entre Brasil e Chile, que ligavam São Paulo (Guarulhos) a Santiago.
A empresa solicitou à Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) o cancelamento de 23 voos nacionais e internacionais. Dentre as linhas com pedido oficial para cancelamento, há seis voos internacionais.

Dos voos nacionais, até agora foram solicitadas 17 exclusões de linhas. Dessas, 11 têm chegada ou partida no aeroporto do Galeão (RJ).
Ao todo, oito voos domésticos com chegada ou partida de aeroportos paulistas também foram retirados da malha, incluindo alguns com chegada ou partida do Aeroporto Leite Lopes (Ribeirão Preto), Viracopos (Campinas) e Guarulhos.

8 de novembro de 2015 às 8:50

Bandidos estouram vidraça e roubam loja da rua Apodi [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Bandidos estouraram a vidraça da loja Bossa Nova Fitness – de roupas de ginástica – na rua Apodi, em Natal, na madrugada de hoje.

Levaram quase a loja toda.

Neste momento a polícia está no local.

8 de novembro de 2015 às 1:36

Colunista se desculpa e diz que errou na sua estreia no Globo ao dizer que delator pagou contas do filho de Lula [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O jornalista Lauro Jardim, que trocou a Veja (Radar) pelo Globo, onde atua diariamente no online e assina coluna no impresso aos domingos, estreou mal…

Havia feito sua estreia no dia 11 de outubro, em grande estilo, fazendo de uma nota de coluna a manchete do jornal.

A nota/manchete se referia à delação do lobista Fernando Baiano, envolvido na lavajato, e atacava em cheio o filho do ex-presidente Lula.

Abaixo a manchete para relembrar:

  

Hoje O Globo afirma em letras garrafais na capa do jornal, que errou.

  

Porém, O Globo deixa claro no texto que o jornal, “na coluna de Lauro Jardim”, errou…

Não assume o erro da capa, que não é do colunista, e não pede desculpas.

  
O pedido de desculpas, que deveria ter sido dividido entre veículo e colunista, ficou sob a responsabilidade do colunista, que deve estar pra lá de constrangido pensando na estreia..assim…não tão espetaculosa quanto pareceu no dia.

   

O desmentido foi feito mas a pergunta que o Brasil todinho faz: que poder é esse que uma nora de Lula tem para receber 2 milhões de mão beijada de um amigo do sogro?

Alguém em sá consciência sabe explicar? 

8 de novembro de 2015 às 1:09

Robinson Faria passa no teste de popularidade durante show de Alcione no Centro de Convenções [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O governador Robinson Faria passou em mais um teste de popularidade.

Na 6ª feira à noite ele foi com a mulher Julianne ao Centro de Convenções para os shows de Alcione e Benito Di Paula.

Do palco, a Marrom cumprimentou o governador e fez comentários elogiosos à sua administração.

E o que se ouviu na plateia foram aplausos.

8 de novembro de 2015 às 0:37

Governador estará em Caicó neste domingo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

E o governador Robinson Faria estará em Caicó neste domingo.

Vai discutir no município os problemas causados pela falta d’água.

O governador também fará uma visita ao Hospital Regional, que poderá se transformar em hospital universitário.