Thaisa Galvão

29 de fevereiro de 2016 às 16:24

José Eduardo Cardozo deixa Justiça e vai para Advocacia Geral da União [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Como o noticiário nacional vinha acenando, o ministro da Justiça José Eduardo Cardozo deixa o cargo.

Sai do Ministério por não suportar mais as interferências do ex-presidente Lula.

Agora há pouco o Planalto emitiu nota confirmando a informação e anunciando a nova missão de Cardozo, que além de auxiliar, é amigo da presidente.

Quem acompanha a agenda de Dilma presenciou várias vezes o ministro da Justiça acompanhando a presidente em festas de casamento

Para acomodar José Eduardo, Dilma rearrumou o time, e anunciou através de nota.

NOTA

A presidenta da República, Dilma Rousseff, informa que o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, deixará a pasta e assumirá a chefia da Advocacia Geral da União, em substituição ao ministro Luiz Inácio Adams que solicitou o seu desligamento por motivos pessoais.

Assumirá o Ministério da Justiça o ex-Procurador Geral da Justiça do Estado da Bahia, Dr. Wellington César Lima e Silva.

Assumirá o cargo de ministro-chefe da Controladoria Geral da União, o Sr. Luiz Navarro de Brito.

A presidente da República agradece os valiosos serviços prestados ao longo de todos estes anos, com inestimável competência e brilho, pelo Dr. Luís Inácio Adams, e deseja pleno êxito à sua atividade profissional futura.

Agradece ainda ao ministro-interino da CGU Sr. Carlos Higino pela sua dedicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.