Thaisa Galvão

16 de março de 2016 às 20:43

Em discurso agora à noite, Agripino convoca o Congresso para votar o impeachment de Dilma [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Em discurso agora há pouco no plenário do Senado,  o líder da oposição, José Agripino (RN), convocou o Congresso Nacional a votar o processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff.

O senador falou sobre a quebra de sigilo de uma ligação entre Lula e Dilma divulgada pelo juiz Sérgio Moro hoje no final da tarde.
 De acordo com o Agripino, a escuta telefônica feita pela justiça comprova claramente que o governo tentou blindar o ex-presidente Lula.
“As evidências são graves, gravíssimas. Pela crueza dos fatos divulgados agora à noite, o Congresso Nacional precisa se definir e apoiar de forma aberta o impeachmetn da presidente Dilma”.

No plenário, ouvindo o discurso, os senadores petistas Gleisi Hoffman (PR) e José Pimentel (CE).
O diálogo divulgado pela justiça de Curitiba mostra uma conversa telefônica entre o ex-presidente Lula e a presidente Dilma Rousseff onde a chefe do Executivo federal diz que encaminhará ao líder petista o “termo de posse” de ministro. 

Na ligação Dilma comunica a Lula que o termo de posse só deveria ser usado “em caso de necessidade”.
“Esgarçou-se o tecido brasileiro. Não há alternativa ao Congresso se não votar o processo de impeachment rapidamente”, concluiu o senador, presidente nacional do DEM.
Foto Mariana Di Pietro

  

Uma resposta para “Em discurso agora à noite, Agripino convoca o Congresso para votar o impeachment de Dilma”

  1. thiago Trajano disse:

    Será que contaram para a blogueira que o agripino tbm tem pendencias no stf?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.