#JornalismoSemFakeNews

17 de março de 2016 às 22:45

PMDB e o rompimento pré-datado

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Aí o PMDB diz que fica no governo até o fim do mês. Depois rompe.

Mas…por que até o fim do mês e não hoje?

Para os ministros receberem o salário cheio?

Contagem regressiva, então, para a entrega de cargos?

Custo a acreditar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.