Thaisa Galvão

22 de março de 2016 às 9:52

Executivos da Odebrecht e doleiros são alvos da operação Xepa [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Altos executivos da Odebrecht e doleiros são os alvos da operação Xepa, que investiga a estrutura interna da construtora para pagamento de propina para vários setores, inclusive a Petrobras.
No Rio de Janeiro, Roberto Prisco Ramos, presidente da Odebrecht Oleo e Gas, teve decretada prisão temporária. 

Outro alvo é Hilberto Mascarenhas Alves Silva Filho, suposto controlador de contas secretas da empreiteira. Contra ele foi decretada prisão preventiva.

Até agora, foram levados à sede da PF de São Paulo, dois presos preventivos: Marcelo Rodrigues e Olívio Rodrigues Júnior.
A operação cumpre hoje 110 ordens judiciais, sendo 67 de busca e apreensão, 28 de condução coercitiva, 11 de prisão temporária e 4 de prisão preventiva.

As sedes da empreiteira Odebrecht na Bahia, no Distrito Federal e em São Paulo são alvos de buscas.

A Odebrecht emitiu nota confirmando que a Polícia Federal cumpriu mandados de prisão, condução coercitiva e busca e apreensão em escritórios e residências de executivos em algumas cidades no Brasil.
*Com informações da Folha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.