Thaisa Galvão

24 de março de 2016 às 20:24

Michel Temer desistiu de viajar com os novos aliados do PSDB mas não confirma presença na reunião do PMDB [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O vice-presidente Michel Temer desistiu de ir a Portugal, mas não confirma presença em reunião do PMDB marcada para terça-feira.
Temer cancelou a participação de evento em Lisboa promovido pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, e que deverá contar ainda com a presença dos senadores Aécio Neves e José Serra, do PSDB.

Temer, já visto como desembarcado do governo, desistiu de viajar com a oposição – ou seriam novos aliados? – para conversar com o PMDB, o que não significa que participará da reunião de terça-feira.

O vice-presidente já definiu sua posição.

O PMDB está mais rachado do que nunca.

 
Defensora do impeachment e que Temer assuma o comando do País, a ala oposicionista do PMDB aposta numa vitória da tese de rompimento com o governo. Liderados pelo deputado Leonardo Picciani (PMDB-RJ) e pelo senador Renan Calheiros (PMDB-AL), os governistas atuaram em favor do adiamento.
A proposta foi levada a Temer pelo senador Jader Barbalho (PMDB-PA) na terça-feira. O vice, porém, disse que ouviria a ala oposicionista antes de tomar uma decisão. O grupo oposicionista, porém, se negaram a aceitar a proposta e resolveram obter uma definição pelo voto. O diretório do PMDB é composto 119 membros.
Até o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva envolveu-se nas discussões. Ele teme que o rompimento do PMDB provoque uma contaminação no resto dos partidos do Congresso, tornando a estratégia de barrar o impeachment inviável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.