Thaisa Galvão

21 de abril de 2016 às 8:13

Para Ezequiel Ferreira, mesmo seguindo a linha de independência, PSDB deve ajudar o governo a sair da crise [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Na entrevista coletiva concedida ontem na sede do PSDB, o presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza, reforçou a intenção de apoiar o governo do Estado para que supere a crise que vem passsndo.
Porém, dentro da linha de independência de cada deputado.
“Cada deputado que chegou ao PSDB é oriundo de outros partidos como PSB, PMDB, PROS e PSD. Cada um tinha perfil de independência frente ao Governo, mas todos deram apoio às mensagens governamentais no ano que passou. Agora unidos e formando a maior bancada no Legislativo vamos contribuir com soluções num momento de crise e de dificuldades extremas em nome da população potiguar”, explica Ezequiel Ferreira, com a visão de que o governo não é de partido nem de governador, mas um instrumento para servir à população.

Ezequiel também enalteceu o crescimento do partido, com o trabalho de seus dirigentes e a chegada do seu bloco formado por quatro deputados.
“Com o trabalho que já vinha sendo realizado pelo presidente, Valério Marinho e pelo presidente de honra, deputado federal Rogério Marinho, o PSDB está presente hoje em mais de 150 municípios potiguares. Foram mais de 1.200 novas filiações. Temos mais de 60 pré-candidatos a prefeito e 1.200 pré-candidatos a vereador”, enumerou o deputado nesta quarta-feira (20), salientando que partido tinha 3 prefeitos e 51 vereadores e recebeu a filiação de 10 prefeitos e 10 vice-prefeitos e 121 vereadores.
  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.