Thaisa Galvão

22 de abril de 2016 às 9:57

Quem assumir Educação vai encontrar diretores de escolas insatisfeitos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Sem greves desde o começo da gestão, a Educação, comandada pelo PT, parece andar às mil maravilhas.
Não anda.
Basta conversar com diretores de escolas para entender que tudo anda na mesma, porém guardado em silêncio.
Diretores de escolas reclamam do atraso nos repasses dos recursos da merenda escolar e do pagamento de materiais necessários para funcionamento, por parte da Secretaria.
Atrasos que, segundo diretores, não se justificam, vez que a Educação tem recursos próprios com os 25% do orçamento repassados diretamente do governo federal.
Tem diretor que foi ao Fundo Estadual, na Secretaria de Educação, e voltou sem a resposta para o atraso da terceira parcela do PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar).
A preocupação nas escolas é que tem alunos que saem de casa sem se alimentar, e dependem da merenda da escola.

Outra reclamação geral de diretores de escolas é sobre a estrutura de escolas.
Muitas não resistem a uma chuviscada. Em algumas chove mais dentro das salas do que do lado de fora. E já passa um ano e o que foi prometido, não aconteceu.
Em outra situação, de um sindicato distante da Secretaria, as reclamações já teriam ganhado corpo.
Um diretor de uma escola cheia de comprometimentos disse ao Blog que o que lhe preocupa agora é a possibilidade dos problemas começarem a surgir como se fossem novidade, e não a rotina diária da Educação.

Até vice-diretor sem receber pelo cargo há meses tem no modelo de Educação do Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*