Thaisa Galvão

1 de julho de 2017 às 8:25

Assessor de Temer flagrado com mala de dinheiro ganha liberdade [0] Comentários | Deixe seu comentário.

No dia nacional do fora Temer, mais uma decisão judicial fortalece o presidente.

Depois do ministro Marco Aurélio Mello determinar pela volta de Aécio Neves ao Senado, foi o relator da lava jato Edson Fachin soltar Rodrigo Rocha Loures, o deputado flagrado correndo com uma mala cheia de dinheiro: 500 mil reais recebidos como propina da JBS.

A cena de Rocha Loures é o retrato mais concreto da corrupção e da operação lava jato.

Porém, Loures ganhou direito de liberdade.

Usará tornozeleira eletrônica com direito a circular pela cidade.

Com obrigação de permanecer no aconchego do seu lar entre 8 da noite e 6 da manhã, e nos finais de semana e feriados.
No dia nacional do fora Temer, o STF foi generosíssimo com o presidente.

Há sinais de fim da lava jato no ar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*