Thaisa Galvão

4 de julho de 2017 às 17:39

Para o MPF, Geddel Vieira, que foi transferido para a Papuda, é um “criminoso em série” [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Para o Ministério Público Federal, o ex-deputado Geddel Vieira (PMDB) é ‘criminoso em série’ e faz do crime ‘carreira profissional’.
Geddel, que foi preso ontem em Salvador e transferido para a carceragem da Polícia Federal em Brasília, foi transferido hoje para o presídio da Papuda.
“É importante registrar que há indícios de participação de Geddel Vieira Lima em diversos outros esquemas criminosos semelhantes ao da situação analisada, dentre os quais os investigados nas operações Lava Jato, Sépsis, Cui Bono e Greenfield, como pode ser observado nos elementos probatórios já divulgados publicamente referentes à mencionadas operações. Noutras palavras, Geddel Vieira Lima adequar-se-ia à figura do ‘serial criminoso’ ou ‘criminoso em série’, ou seja, criminoso habitual que faz de uma dada espécie de crime (neste caso, crimes financeiros e contra a administração pública) sua própria carreira profissional”, disse o MPF no pedido de prisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*