Thaisa Galvão

26 de julho de 2017 às 16:09

Delação: Funaro vai dizer que Cunha recebeu 30 milhões da JBS para comprar sua eleição para presidente da Câmara [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Coluna do Estadão:
Funaro vai delatar propina na eleição de Cunha para presidente
O operador financeiro Lúcio Funaro dirá em sua delação premiada, segundo seus interlocutores, que a eleição de Eduardo Cunha para presidência da Câmara foi comprada. 
Ele irá confirmar o que disse o empresário Joesley Batista, também em colaboração, de que o dinheiro veio da JBS. 
Joesley afirma que deu R$ 30 milhões para Cunha “sair comprando um monte de deputado Brasil a fora. 
Para isso que servia esses R$ 30 milhões”. 

Na ocasião, fevereiro de 2015, Cunha foi eleito em primeiro turno e com o apoio de 267 deputados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*