Thaisa Galvão

26 de julho de 2017 às 18:07

Em dia de ocupação no Brasil, MST invade projeto do RN apoiado pelo ex-deputado Henrique Alves [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Nem o ex-deputado Henrique Alves (PMDB), que está preso em Natal, e é um ‘sem-terra’, escapou do ataque dos sem-terra nesta quarta-feira pelo Brasil afora.

O MST invadiu hoje uma área do Perímetro Irrigado Santa Cruz de Apodi, somente porque o projeto foi apoiado por Henrique, que foi ministro do Turismo nos governos Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer.
Os sem-terra também ocuparam uma fazenda que pertence à MMX, empresa de Eike Batista, em São Joaquim de Bicas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. 
Assim como Eike, Henrique enfrenta suspeitas de corrupção relacionadas à Operação Lava Jato. 

Eike cumpre prisão preventiva na penitenciária da Papuda, em Brasília, e Henrique na Academia de Polícia Civil do RN.
As invasões fazem parte da Jornada por Reforma Agrária lançada pelo MST para invadir terras de políticos e empresários que enfrentam acusações de corrupção.
Foram ocupadas fazendas e órgãos públicos em 12 Estados, incluindo propriedades do ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP-MT), de Ricardo Teixeira, ex-presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), e do coronel João Baptista Lima Filho, amigo do presidente Michel Temer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*