Thaisa Galvão

27 de julho de 2017 às 8:51

Vereador Cícero Martins entra com ação junto ao MPF para impedir uso da UFRN por partidos políticos [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O vereador de Natal, Cícero Martins (PTB), se dizendo contrário a ‘qualquer tipo de doutrinação política em instituições públicas de ensino’, protocolou junto ao Ministério Público Federal, uma representação para impedir a realização de um evento em prol de eleições diretas na UFRN, promovido por partidos de esquerda.
“Se o meu partido quiser discutir política, faremos isso na nossa sede, ou alugaremos um auditório. Jamais, irei utilizar a estrutura pública. Primeiro porque não é justo utilizar dinheiro público para isso e, segundo, por respeitar a Lei”, justificou o vereador, que entende que a esquerda se utiliza da universidade pública para fazer política partidária.
O vereador diz ter tomado um susto em maio passado, quando recebeu em seu gabinete na Câmara, solicitação de apoio financeiro para o “Festival Diretas”. Pedido entregue em papel com timbre da UFRN e do DCE, solicitando uma contribuição no valor de R$ 400,00. 
À época Cícero falou pessoalmente com a reitora da Universidade, Ângela Paiva, mas disse não ter visto ‘qualquer atitude por parte da UFRN’.
“Observamos que nas instituições privadas há um controle por parte dos diretores. No entanto, nas instituições públicas, está ocorrendo guerras entre grêmios estudantis de esquerda e de direita, com a participação direta de diretores e professores. Uma verdadeira politicagem!”, declarou Cícero Martins.
“Entrei com essa representação no MPF em respeito aos universitários que estão deixando de adquirir conhecimentos acadêmicos e profissionais, para escutarem discursos políticos em áreas internas da UFRN, o que é proibido por lei. Nenhum partido tem esse direito, não se trata de ideologia política, mas do simples cumprimento da nossa Constituição Federal”, finalizou o vereador.

Uma resposta para “Vereador Cícero Martins entra com ação junto ao MPF para impedir uso da UFRN por partidos políticos”

  1. José Lúcio de Azevedo disse:

    Ação elogiável do vereador, mesmo porque as instalações de qualquer prédio público só poderá feita para partidos político, somente para convenções, e nas universidades o uso é feito para qualquer manifestação de esquerdas, já que é o lugar dos “intelectuais” comunistas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*