#JornalismoSemFakeNews

4 de janeiro de 2018 às 3:43

Robinson pede apoio dos Poderes para aprovar medidas que poderão conter a crise no RN

[2] Comentários | Deixe seu comentário.

Durou mais de 4 horas a reunião do governador Robinson Faria com os presidentes dos Poderes e do Tribunal de Contas do Estado, o Ministério Público Estadual e ainda o Ministério Público Federal e a equipe de secretários do Estado.

Foram discutidas medidas para a superação da crise e reequilíbrio financeiro das contas do Rio Grande do Norte.

O governador apresentou as iniciativas que o Governo do RN vem adotando para o reequilíbrio fiscal do tesouro estadual e o quadro de austeridade no controle dos gastos com custeio e investimentos, controlados desde 2015.

Por outro lado, mostrou o crescimento exponencial dos gastos com a previdência estadual, que aumentaram 78% nos últimos três anos, e discutiu medidas para o enfrentamento do déficit apontado.

Participaram da reunião os presidentes da Assembleia, Ezequiel Ferreira; do Tribunal de Justiça, Expedito Ferreira; do Tribunal de Contas do Estado, Gilberto Jales; além dos procuradores-gerais do MPE, Eudo Leite, e do MPF, Caroline Maciel.

O vice-governado Fábio Dantas, o deputado federal Fábio Faria e o deputado estadual José Dias também participeam da reunião.

#

O governador pediu apoio para a aprovação de projetos de lei que já estão na Assembleia Legislativa e que são fundamentais para o ajuste das contas, entre eles o novo regime fiscal, a previdência complementar, o aumento das alíquotas da Previdência.

E ainda, de projetos que serão encaminhando como o da alienação de ativos.

Robinson explicou que o Governo mantém tratativas com o Tesouro Nacional para aderir ao Regime de Recuperação Fiscal do Governo Federal e que permanece pleiteando recursos federais para equilibrar as finanças em curto prazo, tendo como principal objetivo a regularização do pagamento dos servidores públicos estaduais.

Ele relatou que técnicos do Tesouro já estiveram no RN levantando informações sobre as finanças e que retornarão ao Estado no próximo dia 25, para dar andamento aos entendimentos.

Fotos Rayane Mainara

2 respostas para “Robinson pede apoio dos Poderes para aprovar medidas que poderão conter a crise no RN”

  1. Reunião positiva. Mas, há sempre alguém atazanando o ambiente. É o caso dos poderosos Poderes. Alegam que as reservas que possuíam foram todas distribuídas aos moradores sem teto, para pagarem os aluguéis atrasados e, as sobras orçamentárias acabaram indo para o bolso dos pobres moradores sem teto, recebendo uns míseros R$ 250.000,00. Ai a reserva realmente acaba e a sobra vai pro brejo. Quem esfola o Tesouro Estadual são os tais Poderes. Todos, sem exceção, já estão perto de recebem o salário de janeiro e brincarem o carnarval no litoral ou fora dele de bolso cheio e, nós, os NÃO PODEROSOS comendo areia.

  2. Só houve firula e jogo de cena nessa reunião. O governador da segurança pública, Robinson Mesquita de Faria, não anunciou uma medida prática de efeito imediato. Não falou sequer, ao menos que está na postagem do blogue, sobre um calendário seguro de pagamento de servidores públicos. Quando ele foi fazer besteira – como gastar mais em publicidade do que em segurança, por exemplo -, não chamou ninguém para consultar antes de o fazer. Agora, quer que os outros resolvam um problema cuja resolução cabe a ele. Em verdade, a administração de Robinson Mesquita de Faria é fraca, incompetente e perdida. Não sabe o que faz. E não se pode esquecer que, em campanha, além de se anunciar como o governador da segurança, Robinson Mesquita de Faria também dizia que o problema do RN não é falta de dinheiro, mas falta de gestão. Nisso ele tem razão. Basta olharmos ao redor, nos Estados da Paraíba, do Ceará e do Maranhão, onde os servidores públicos recebem seus proventos em dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.