#JornalismoSemFakeNews

16 de fevereiro de 2018 às 0:11

Citação a Micarla na mensagem de Carlos Eduardo foi o sinal mais claro de que o prefeito poderá disputar o Governo

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

O prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) começou sua mensagem anual, a décima que faz em sua vida na abertura dos trabalhos anuais da Câmara, falando na sua antecessora Micarla de Sousa.

A ex-prefeita governou Natal até outubro de 2012.

De lá para cá, Carlos Eduardo governou 2013, 2014, 2015, 2016, 2017 e governa 2018, pelo menos até o dia 7 de abril, quando deverá, ou não, renunciar ao cargo para disputar o Governo do Estado

E por que Carlos Eduardo não consegue se esquecer de Micarla?

Por duas coisas:

A primeira: É sabido que o prefeito tem pesquisas, que tem feito para definir se será ou não candidato a governador, que mostram que ainda se compara – de tanto que ele fala – a gestão de Micarla com as dele.

E a segunda: Com a imagem reforçada a cada discurso, de que salvou Natal de uma gestão que não deu certo, ele se apresenta como apto a salvar o Rio Grande do Norte da gestão do governador Robinson Faria (PSD), que vem enfrentando uma crise atrás da outra e não tem dado sinais de que botará os salários dos servidores em dia.

Foi esse o sinal, na mensagem loooonga, que Carlos Eduardo deu de que poderá vir a disputar o Governo.

Outro sinal, mais sutil, foi quando falou do Turismo, menino dos olhos do governador Robinson.

Houve um princípio de enfrentamento com quem o prefeito já sabe que poderá ter como adversário.

Porque Robinson pode até não disputar a reeleição, mas sua gestão será o alvo do provável candidato Carlos Eduardo.

Como é Micarla até hoje: o combustível para chegar mais depressa ao andar de cima das pesquisas.

Pesquisas, aliás, que vem dando destaque não a Carlos Eduardo, não a Robinson Faria, maaasss…à senadora governadorável Fátima Bezerra (PT).

Que não foi sinalizada na mensagem, mas que poderá ser a grande adversária do prefeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.