#JornalismoSemFakeNews

9 de março de 2018 às 13:19

Codern está tomando providências jurídicas após invasão do MST com apoio da UFRN

[1] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Codern sobre a invasão do grupo de sem terra ao porto de Natal na noite desta quinta-feira:

Nota

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN) lamenta veementemente o episódio ocorrido na noite desta quinta-feira (08), onde um protesto com a presença de manifestantes do Movimento dos Sem Terra (MST), denominado de “Marcha das Mulheres”, invadiu o Porto de Natal, impondo sérios riscos aos próprios invasores e aos trabalhadores portuários, em plena atividade.

Repudiamos a depredação ao patrimônio público, com as pichações feitas e informamos a não ocorrência de confronto entre os manifestantes e os guardas-portuários, que agiram com total sensibilidade e eficiência, convencendo o grupo a desocupar o local.

A CODERN já está tomando as providências jurídicas cabíveis.

*

Até o momento a UFRN não se pronunciou.

Os manifestantes, depois de invadirem e pixarem áreas internas do porto, saíram em um ônibus da Universidade.

Uma resposta para “Codern está tomando providências jurídicas após invasão do MST com apoio da UFRN”

  1. Ionaldo Lidio Sena de Carvalho disse:

    Bolsanaro neles e em todos os petralhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.