Thaisa Galvão

18 de junho de 2018 às 21:29

PF indicia ex-procurador da República, dono da JBS, executivo e advogadas [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Polícia Federal indiciou o ex-procurador da República Marcelo Miller por corrupção passiva.

No mesmo processo foi indiciado por corrupção ativa o empresário JBS, Joesley Batista.

Também foram indiciados por corrupção ativa o ex-executivo da J&F Francisco de Assis e as advogadas Fernanda Tórtima e Esther Flesch, que trabalhavam para a empresa.

O processo em questão apura se Joesley Batista, Francisco de Assis e as advogadas tentaram corromper Miller enquanto ele atuava no Ministério Público.

Para o delegado da PF, Cleyber Malta Lopes, responsável pelo caso, há indícios suficientes de que Joesley, Francisco de Assis, Fernanda Tórtima e Esther Flesch corromperam Marcelo Miller para obter ajuda no acordo de delação premiada de executivos da J&F.

O delegado concluiu que houve omissão por parte de Joesley Batista e de Francisco de Assis “sobre a real extensão dos atos praticados por Marcello Miller e a relação ilícita entre Miller e os investigados”.

*Com informações do G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.