#JornalismoSemFakeNews

3 de setembro de 2018 às 8:40

Capitão Styvenson estaria em queda de braço com o partido se estivesse filiado ao Solidariedade?

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Só duas constatações pós polêmica em torno da candidatura do Capitão Styvenson Valentim ao Senado, e pós divulgação de carta aberta pelo partido Rede:

1- Se o Capitão não tivesse procurado tanto um partido que se alinhasse aos seus pensamentos – coisa que está provado que não existe, já que está provado que cada partido tem dono – teria pulado essa parte do desgaste com a legenda como vem acontecendo agora.

Se tivesse se filiado ao Solidariedade como propôs o deputado Kelps Lima, primeiro a discutir uma candidatura do militar ao Senado, teria só que cumprir essas regrinhas, já postas na mesa, que a Rede abriu mão através de um documento assinado em cartório, e depois voltou atrás.

No Solidariedade ele já sabia que seria assim.

Teve quem dissesse, inclusive, que Styvenson achasse outro partido porque o deputado Kelps Lima era um “esperto”…

2- Que documento assinado por partido político e registrado em cartório não vale nada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.