#JornalismoSemFakeNews

15 de setembro de 2018 às 17:40

InterTV dá direito de resposta a Robinson após secretári atestar existência de áudio gravado por criminoso

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Depois de dar direito de resposta à senadora Fátima Bezerra (PT), a InterTV Cabugi teve que abrir espaço para o direito de resposta ao governador Robinson Faria (PSD).

Os pedidos de direito de resposta, tanto de Fátima, como agora o de Robinson, foram feitos à InterTV e submetidos ao Núcleo de Eleições da Rede Globo, no Rio, que concedeu.

A nota com a resposta de Robinson foi lida no RN 1ª edição.

O Núcleo da Globo entendeu que Robinson em entrevista à InterTV, não tratava de fake news como entendeu a defesa de Fátima no seu direito de resposta.

O caso não foi entendido como fake news porque a secretária de Segurança do Estado, delegada Sheila Freitas, em entrevista ao nosso Jornal da Noite, na 95MaisFM, atestou a veracidade do áudio onde o bandido execrava o governo Robinson, taxando-o de opressão à bandidagem, e pedia votos para Fátima.

A candidata do PT não gostou e acionou o jurídico da sua campanha, que pediu o direito de resposta.

Só que na nota, a defesa de Fátima fazia críticas a Robinson, acusando-o de disseminar fake news.

Hoje o telejornal da afiliada da Globo ratificou a existência do áudio, assim como o reconhecimento da voz, atestando não se tratar de fake news.

Em um trecho da nota, Robinson diz que a senadora “expôs a InterTV e a população do Rio Grande do Norte, e mostrou que quem efetivamente criou uma fake news foi ela”.

*

A polêmica foi desnecessária.

O fato de um criminoso pedir votos para candidato A ou B, não significa que o candidato A ou B faça parte do esquema criminoso do “eleitor”.

Coisas de ânimos acirrados de campanhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.