#JornalismoSemFakeNews

23 de outubro de 2018 às 1:01

Cantor Geraldo Azevedo critica Bolsonaro e diz que quando foi preso político o vice do presidenciável era um dos torturadores

[1] Comentários | Deixe seu comentário.

O cantor Geraldo Azevêdo fez um desabafo político no show que fez neste final de semana em Jacobina, interior da Bahia.

Ele participava do Festival EcoArte Itaitu, no sábado, quando se manifestou contra o candidato Jair Bolsonaro (PSL) e seu vice, general Hamilton Mourão.

“Olha, é uma coisa indignante, cara. Eu fui preso duas vezes na ditadura, fui torturado, você não sabe o que é tortura, não. Esse Mourão era um dos torturadores lá”, declarou o artista.

Confira o desabafo do cantor.

Uma resposta para “Cantor Geraldo Azevedo critica Bolsonaro e diz que quando foi preso político o vice do presidenciável era um dos torturadores”

  1. Mauro Cunha disse:

    Se Geraldo Azevedo tiver caráter que trate de subir no mesmo palanque onde fez a besteira e desdiga a asneira. Seu público merece transparência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.