#JornalismoSemFakeNews

10 de novembro de 2018 às 5:44

Bolsonaro diz que ministro da Educação terá perfil conservador e que próximo Enem não abordará linguagem gay: “Quem ensina sexo é papai e mamãe”

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do presidente eleito Jair Bolsonaro, no Facebook, sobre o Enem, criticando a formalização de uma questão da prova de Linguagem, que abordou o pajubá, conjunto de expressões associadas aos gays e aos travestis.

“Esta prova do Enem – vão falar que eu estou implicando, pelo amor de Deus –, este tema da linguagem particular daquelas pessoas, o que temos a ver com isso, meu Deus do céu? Quando a gente vai ver a tradução daquelas palavras, um absurdo, um absurdo! Vai obrigar a molecada a se interessar por isso agora para o Enem do ano que vem?”.

*

“Queremos que na escola a molecada aprenda algo que no futuro lhe dê liberdade, que ele possa ganhar o pão com trabalho, não fique com essas questões menores que a gente vê por aí de ideologia de gênero. Qual a importância disso? Vai ser feliz, cara! Se você quer se feliz com outro homem, vai ser feliz! Se você é mulher e quer ser feliz com outra mulher, vai ser feliz”.

*

“Mas não fiquem perturbando isso nas escolas, obrigando a criançada a estudar besteira que não vai levar a lugar nenhum. Quem ensina sexo é papai e mamãe, pronto e acabou”.

*

Bolsonaro disse ainda, na transmissão, que está escolhendo o ministro da Educação e que ele terá um perfil de alguém com “autoridade” e que entenda que o Brasil é um país “conservador”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.