#JornalismoSemFakeNews

26 de novembro de 2018 às 21:54

Após garantir reajuste, ministro do STF põe fim a auxílio-moradia para Judiciário, MP, Defensorias e tribunais

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Foi combinado.

E entre o auxílio-moradia e o reajuste, o Palácio do Planalto e o STF optaram pelo reajuste.

O presidente sancionou o reajuste dos salários dos ministros, e para o impacto não ser tão grande, o ministro do STF, Luiz Fux, revogou o auxílio-moradia para juízes, integrantes do Ministério Público, Defensorias Públicas e tribunais de contas.

O fim do auxílio-moradia foi uma alternativa negociada entre o Palácio do Planalto e o STF para reduzir o impacto do reajuste.

Fux já havia dito em entrevista à TV Globo, no começo de novembro, que os juízes não receberiam cumulativamente o reajuste nos salários e o auxílio-moradia.

Segundo ele, quando o aumento fosse confirmado, o benefício do auxílio-moradia – nos moldes como é concedido atualmente – seria revogado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.