#JornalismoSemFakeNews

10 de dezembro de 2018 às 8:30

Cordelista Antônio Francisco e memória de Deífilo Gurgel receberão homenagem hoje no Senado com a Comenda Câmara Cascudo

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Será logo mais, no Senado Federal, a primeira entrega da Comenda Câmara Cascudo, que entregará o mérito a personalidades ou instituições representativas da cultura brasileira.

Foram escolhidos seis homenageados entre os dez indicadas: Antônio Francisco Teixeira de Melo, Nelson da Rabeca, Nilson Rodrigues da Fonseca e Pedro Baião, além da Câmara Brasileira do Livro e do Museu da Gente Sergipana.

Também serão homenageados ‘in memorian’: Romualdo Rosário da Costa (Mô do Katendê), João Carlos D’ Ávila Paixão Côrtes e Deífilo Gurgel.

A comenda foi instituída a partir de um projeto de resolução (PRS 14/2017) da senadora Fátima Bezerra, aprovado em maio deste ano.

“Essa comenda, para mim e para o povo potiguar, tem um significado muito especial porque vai incentivar a cultura em nosso País, eternizando a memória de Luís da Câmara Cascudo, um dos maiores estudiosos da cultura popular brasileira”, disse a senadora, que fez 3 indicações.

Também serão homenageados, em memória, Romualdo Rosário da Costa (Mô do Katendê), João Carlos D’ Ávila Paixão Côrtes e Deífilo Gurgel.

*

Serão homenageados hoje por indicação da senadora potiguar:

Antônio Francisco – Cordelista.

Câmara Brasileira do Livro (CBL) – Fundada em 1946, é uma instituição que congrega editores, distribuidores, livreiros e porta a porta.

Deífilo Gurgel – Folclorista que dedicou grande parte da sua vida a preservar e tornar conhecidas as tradições culturais do Rio Grande do Norte. Faleceu em 2012, aos 84 anos.

*

Atualizando com foto dos homenageados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.