#JornalismoSemFakeNews

16 de janeiro de 2019 às 1:21

Sérgio Moro diz que não há estudo sobre porte de arma mas Bolsonaro revela que pretende discutir o assunto

[1] Comentários | Deixe seu comentário.

Do Globo, e mais um embate do juiz Sérgio Moro com o governo Bolsonaro:

 

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, afirmou na noite desta terça-feira que não há projeto em estudo em seu ministério com o objetivo de flexibilizar o porte de armas.

O presidente Jair Bolsonaro assinou um decreto que tornou mais brandos os critérios para o direito à posse de armamento, ou seja, a autorização para guardá-la em casa.

 

“Fiquei concentrado sobre aspectos de posse e não existe dentro da minha pasta nenhum movimento nesse sentido envolvendo porte de armas. É uma situação diferente. Se houver (no futuro) alguma proposição nesse sentido, tem que ser bem estudada. Esse é um tema muito delicado. A posse é algo um pouco mais limitado, oferece menos riscos”, disse Moro.

O ministro classificou o decreto presidencial de “cauteloso”, ressaltando que a posse de armas de grosso calibre, como fuzis, permanece proibida.

Segundo ele, se a política desarmamentista tivesse êxito, seria esperado que o Brasil não “obtivesse ano a ano recordes de homicídios”.

 

Maaasss…

Pouco antes Bolsonaro afirmou em uma rede social que vai tratar de assuntos relativos ao porte quando voltar do Fórum Econômico de Davos.

“Após voltarmos de Davos, continuaremos conversando com os ministros, para que juntos, evoluamos nos anseios dos CACs (sigla para caçadores, atiradores e colecionadores), porte, monopólio e variações sobre o assunto, além de modificações pertinentes ao Congresso, como redução da idade mínima! O trabalho não pode parar! Boa noite!”, escreveu Bolsonaro.

 

Há um projeto na Câmara, pronto para ser apreciado em plenário, que, na prática, revoga o Estatuto do Desarmamento — a legislação proíbe o porte de armas no Brasil, salvo para casos específicos, como agentes de segurança.

Líderes da bancada da bala defendem que a discussão seja pautada o quanto antes.

Uma resposta para “Sérgio Moro diz que não há estudo sobre porte de arma mas Bolsonaro revela que pretende discutir o assunto”

  1. Cassiafloquet disse:

    Affff, esse homem.. é um louco, se os omi

    Falo, os homicídios é claro que vai aumentar.. no trânsito por ex.. não olhe bem de cara feia, vc está sujeito a tomar uma bala.. com uma arma na mão, os que tem pavio curto..cada um que se cuide viu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.