Thaisa Galvão

19 de janeiro de 2019 às 2:04

Delação: Palocci disse que entregou várias vezes caixas de uísque recheadas de dinheiro ao ex-presidente Lula [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Termo de colaboração premiada do ex-ministro e ex-tesoureiro do PT, Antônio Palocci, de 13 de abril de 2018, foi anexado nesta quinta-feira ao inquérito.

E os detalhes da primeira delação fechada por Palocci com a Polícia Federal de Curitiba deram o que falar.

Na delação, Palocci diz que houve entregas de dinheiro em espécie, de propina paga pela Odebrecht, ao ex-presidente Lula.

 

No depoimento do 1º termo de delação, Palocci diz que:

 

-Entregou a Lula “cerca de oito a nove vezes valores em espécie”. Em média, eram remessas de R$ 50 mil que ficavam escondidas em caixas de celular ou de uísque, por exemplo. De acordo com Palocci, o ex-presidente lhe pedia que não comentasse com ninguém a respeito.

-Lula recebeu propina pela obra da Usina Hidrelétrica Belo Monte, no Pará. A Odebrecht destinou R$ 15 milhões a Lula, segundo Palocci. A Andrade Gutierrez também é citada.

-Dilma Rousseff, quando ainda era candidata, soube dos pagamentos da Andrade Gutierrez ao PMDB e autorizou que continuassem.

-Em encontro com Dilma no Palácio do Planalto no início de 2011, ela, que já era presidente àquela altura, não autorizou pagamentos da Andrade Gutierrez ao PT. Palocci afirmou que, na ocasião, perguntou a Dilma se havia necessidade de autorizar que a empreiteira fizesse repasses específicos vinculados à participação em Belo Monte.

-Posteriormente, porém, Lula disse a João Vaccari Neto, ex-tesoureiro do PT, que Dilma “havia autorizado a cobrança de empresas do consórcio construtor de Belo Monte percentual pelos valores recebidos em razão da execução da obra”.

 

Em depoimento complementar, em agosto em 2018, Palocci afirmou que:

 

-Dilma Rousseff “deu corda” para que as investigações da Operação Lava Jato implicassem Lula. Neste termo complementar de depoimento da delação, Palocci conta que Dilma tentava “sufocar” Lula para que ele desistisse de concorrer à presidência em 2014 e que houve uma ruptura entre os dois.

-Palocci relatou ainda que fez a seguinte pergunta ao ex-presidente durante o andamento da Lava Jato: “Por que você não pega o dinheiro de uma palestra e paga o seu triplex?”. A resposta foi: “Um apartamento na praia não cabe em minha biografia”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.