#JornalismoSemFakeNews

22 de janeiro de 2019 às 9:21

Deputados e senadores presentes à reunião se comprometem a colaborar com o governo e encontrar solução para a crise

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Ao participar da reunião da bancada com a governadora Fátima Bezerra nesta segunda-feira, o deputado federal João Maia (PR) disse que “o governo tem consciência dos problemas e que sabe como resolver o estoque de dívidas. A bancada federal pode ajudar muito junto à União para o Estado fechar as contas do passado e equilibrar o presente”.

“O diálogo proposto pelo Governo do Estado vem de forma transparente e objetiva. A bancada pode contribuir muito para resolver os problemas em parceria com a União. O momento é de baixar as bandeiras partidárias e somarmos para o fim da crise”, afirmou o deputado Rafael Motta (PSB).

“A situação financeira de hoje gera instabilidade e o caos social. Com certeza estaremos somando esforços para a superação dos problemas. Se a união da bancada não funcionou no passado, 2019 será o ano e a hora dessa união. Não tenham dúvidas que o nosso trabalho será em prol do Rio Grande do Norte”, se comprometeu o deputado adversário da governadora, General Eliéser Girão (PSL).

Também adversário, mas embaixo do palanque, o deputado Beto Rosado (PP) elogiou a iniciativa de reunir a bancada e a transparência com que o Governo do Estado apresentou a situação financeira. “Estaremos unidos no apoio às iniciativas da administração. Na campanha política fomos adversários, mas agora seremos parceiros para fazer o RN melhor”.

“Nos colocamos à disposição do Governo do Estado em Brasília”, declarou Benes Leocádio (PTC).

“A governadora pode contar conosco. A bancada unida pode ajudar muito à administração estadual na missão de trazer receitas novas. E além disso, podemos ajudar a criar ambiente favorável a novos investimentos e à melhoria da competitividade, que irão gerar empregos e renda”, declarou o senador Jean Paul Prates (PT), que participou da reunião ao lado da senadora eleita Zenaide Maia (PHS).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.