#JornalismoSemFakeNews

23 de janeiro de 2019 às 23:37

Na Suíça, presidente Bolsonaro cancela entrevista e evita falar com a imprensa brasileira

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Como o Blog havia informado, o presidente Bolsonro cancelou a entrevista coletiva que concederia em Davos, na Suíça, onde participa do Fórum Econômico Mundial.

A entrevista teria a participação dos ministros que acompanham o presidente brasileiro.

O evento estava marcado para 13h (horário de Brasília).

 

De acordo com a organização do fórum, seria uma entrevista coletiva, mas o governo brasileiro tratava como um pronunciamento.

 

A organização do fórum chegou a preparar uma sala com quatro lugares reservados para autoridades brasileiras, e colocou placas com os nomes de Bolsonaro e dos ministros Sérgio Moro (Justiça), Ernesto Araújo (Relações Exteriores) e Paulo Guedes (Economia).

As placas foram retiradas às 13h17, quando foi confirmado que ninguém falaria.

Assessoria do presidente alegou cansaço por parte da comitiva brasileira.

Os jornalistas do Brasil queriam que o presidente falasse sobre as denúncias que envolvem o filho Flávio, já que ele falou a um veículo internacional, mas Bolsonaro seguiu caminhando sem responder às perguntas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.