Thaisa Galvão

12 de fevereiro de 2019 às 14:01

Carga de frutas com cocaína seria exportada por empresa pernambucana criada em novembro passado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

As investigações feitas no Porto de Natal nos últimos dias terminaram na maior apreensão de cocaína no Rio Grande do Norte.

Foi na madrugada de hoje quando a Polícia Federal, com apoio da Receita Federal, apreendeu 1.275 quilos de cocaína em caixas de frutas que estavam em um contêiner que seria embarcado para a Holanda.

Ninguém foi preso.

O embarque das frutas com os 998 tabletes da droga seria hoje.

As investigações terão prosseguimento para identificar os donos da carga ilícita.

 

Segundo fontes do setor, a empresa que fazia o envio da carga foi constituída em novembro do ano passado no Estado de Pernambuco, e tinha como função a exportação de manga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*