Thaisa Galvão

28 de março de 2019 às 11:48

Polícia Federal faz operação para investigar denúncias de 2016 na Prefeitura de Touros [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Polícia Federal em conjunto com a Controladoria-Geral da União (CGU) e o Ministério Público Federal (MPF) deflagrou hoje em Natal e Parnamirim/RN, a Operação Tiro, destinada a apurar desvio de recursos públicos, dispensa indevida de licitação e lavagem de dinheiro, na Prefeitura de Touros no ano de 2016.

Participaram da ação 40 policiais federais e 7 servidores da Controladoria-Geral da União, que tinham 7 mandados de busca e apreensão e 1 mandado de prisão preventiva a cumprir, expedidos pela 15ª Vara da Justiça Federal/RN.

Os fatos remontam há três anos quando a Prefeitura de Touros recebeu verba de emenda parlamentar no valor aproximado de R$ 270 mil destinada à aquisição de medicamentos, tendo sido, em sequência, sem prévia licitação, celebrado contrato com a empresa ora investigada.

Ressalte-se que, a despeito do pagamento realizado em favor dessa pessoa jurídica, não há registros da efetiva entrega dos medicamentos.

Afastado o sigilo bancário da empresa sob suspeita, as investigações, tomando por base a análise de dados, apontaram que no dia seguinte ao crédito do valor da emenda parlamentar, a prefeitura repassou à empresa investigada cerca de R$ 195 mil e, dias depois, novos repasses ocorreram em favor da mesma empresa, desta feita, em valores que somados alcançaram mais R$ 61 mil, sendo que o rastreamento das operações bancárias tornou possível identificar um dos beneficiários da verba pública desviada.

As diligências realizadas no dia de hoje tem por finalidade reunir provas dos delitos sob investigação, identificar todos os participantes do esquema criminoso e apontar os beneficiários dos valores desviados. É missão da PF combater tais desvios de recursos públicos.

O assunto permanecerá sob mistério já que a Polícia Federal não concederá entrevista coletiva.

28 de março de 2019 às 8:12

Bolsonaro diz que furo anunciado na Globonews sobre queda de ministro é mais uma das fake news que ele ‘sofre todos os dias’ [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Finalmente…

O colombiano ministro da Educação, que ainda não mostrou conhecimento da pasta que comenda, cai ou não cai?

Na Globonews, a jornalista Eliane Cantanhede disse que sim.

No twitter, o presidente Bolsonaro tratou o comentário da jornalista como ‘fake news’

28 de março de 2019 às 7:55

Deputada expõe despreparo do ministro da Educação e pede para ele deixar o cargo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Quando um ministro de Educação mal fala a língua do país em que é gestor, não se tem muito o que esperar da Educação.

Ontem, na Comissão de Educação da Câmara Federal, a deputada Tábata Amaral (PDT-SP), de apenas 25 anos, enquadrou o ministro Ricardo Velez e o assunto rapidinho viralizou nas redes sociais.

A parlamentar se disse decepcionada com o despreparo do titular de uma das pastas mais importantes do país, e terminou dizendo que ele deveria deixar o cargo.

Leia alguns trechos da intervenção da deputada:

 

“Já se passaram três meses e em um trimestre não é possível que o senhor apresente um “power point” com dois, três desejos para cada área da Educação. Onde estão os projetos, as metas, quem são os responsáveis? Isso não é um projeto estratégico. Isso é uma lista de desejos. Eu quero saber onde eu encontro esses projetos? Quando cada um começa a ser implementado? Quando serão entregues? Quais são os resultados esperados? São três meses e a gente consegue fazer mais do que isso”.

“Outra pergunta é sobre o aparelhamento ideológico do ministério. Eu não vou ficar discutindo fumaça. Não vou ficar falando que sou contra o ‘Escola sem Partido’. Eu sou contra, mas não acho que é isso o que importa. A gente precisa de profissionais preparados”.

“Tem uma coisa que eu aprendi nos últimos anos, como cientista política e como ativista da Educação, é que o maior desafio que a gente tem não é ficar fazendo lista de desejos. É implementar, de fato, e a gente não implementa sem um corpo preparado, sem pessoas que têm experiência”.

“Não dá para acreditar que uma troca tão constante no primeiro escalão, essa paralisia, vai levar ao sucesso da Educação. Nossa Educação hoje, por experiência própria, a falta que faz nas periferias, mata. Para mim, não tem coisa mais urgente do que essa. Eu esperava muito mais do senhor com três meses de trabalho”.

“Saio da reunião extremamente decepcionada com sua incapacidade de apresentar uma proposta, de saber dados básicos e fundamentais. É um desrespeito, não só à Educação, não só ao ministério, não só ao Parlamento, mas ao Brasil como um todo”.

A deputada disse que espera mudança de atitude do ministro, apesar de achar “completamente improvável”, ou que ele saia do cargo.

O ministro disse que só se demite se o presidente pedir, já que ele é o “chefe”.

 

Para ver a íntegra do debate em que a deputada reduziu o ministro da Educação a…nada…veja o vídeo abaixo.

 

28 de março de 2019 às 6:06

Para o deputado General Girão, golpe de 1964 não passou de ‘narrativa mentirosa da esquerda’ [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Contrariando a máxima brasileira e recentemente, a posição do Ministério Público Federal, o deputado federal General Girão, “fixou” em seu twitter que ‘golpe militar de 1964’ é coisa da cabeça da esquerda “mentirosa”

28 de março de 2019 às 5:46

Disputa pelo comando do Ministério Público no RN terá debate entre os dois candidatos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Ministério Público do Rio Grande do Norte segue em campanha para sucessão do procurador geral de Justiça.

E na sexta-feira, o atual presidente e candidato à reeleição, Eudo Leite, debaterá com a também candidata Iadya Gama Maio.

O debate será promovido pela Associação dos Membros do Ministério Público Estadual e terá início às 14h30.

28 de março de 2019 às 5:38

Bolsonaro sobre Rodrigo Maia: “Isso não é uma palavra de uma pessoa que conduz uma casa” [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Blog teve acesso ao áudio da entrevista ‘seletiva’ do presidente Jair Bolsonaro onde ele respondeu ao presidente da Câmara.

“Se foi isso mesmo que ele falou, isso não é uma palavra de uma pessoa que conduz uma casa, é muita responsabilidade. Brincar? Se alguém quiser que eu faça o que todos os presidentes fizeram, eu não vou fazer, eu acho que já dei o recado aqui. A nossa forma de governar é respeitando todo mundo, e acima de tudo, além de respeitar o colega político, respeitar o povo brasileiro que me botou lá. Não existe brincadeira da minha parte, pelo contrário. Eu lamento as palavras nesse sentido e até quero nem acreditar que ele tenha falado isso”, disse Bolsonaro.

Na entrevista o presidente disse ainda que não há problema nenhum com o Parlamento.

“Da minha parte não há nenhum problema como Parlamento brasileiro, há uma tentativa de envenenar o relacionamento. Eu tenho profundo respeito e admiração pelo Rodrigo Maia (presidente da Câmara) e pelo Davi Alcolumbre (presidente do Senado), que são pessoas importantíssimas para o sucesso disso tudo, e outra coisa, não é um projeto meu, é do Brasil.

 

Sobre a Reforma da Previdência:

“O passar do tempo ajudará os parlamentares a entenderem a reforma da Previdência. Eu fui parlamentar por 28 anos e sei o que acontece, sei das pressões que o parlamentar sofre por parte de setores da sociedade. Se não aprovar isso daí nós não teremos condições de pagar mais, e a responsabilidade é de todos, não é minha, não é da Câmara nem do Senado, é de todos nós que tem consciência de aprovar essa e outras reformas que tem que se fazer na questão tributária”, afirmou o presidente.

28 de março de 2019 às 5:36

Para Rodrigo Maia, o presidente Bolsonaro está “brincando de presidir” [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Continua o rami rami e o Brasil segue desgovernado…

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, disse que o governo ainda não começou e que o presidente Jair Bolsonaro está “brincando” de presidir…

Em São Paulo, onde foi fazer exames médicos, para responder ao presidente da Câmara Bolsonaro deu uma entrevista seletiva – e não coletiva – deixando de fora TV Globo, GloboNews, CBN, O Globo, Valor, O Estado de S.Paulo, Folha de S.Paulo e UOL.

“Eu acho que o Brasil perde. A bolsa está caindo, a expectativa dos investidores está ficando menor. Expectativa positiva. Então, ninguém ganha com isso. Eu até faço um apelo ao presidente que pare, chega, peça ao entorno para parar de criticar. Pare de criticar. Vamos governar”, declarou Maia.

 

 

28 de março de 2019 às 4:45

MPF no RN se posiciona contrário às comemorações do golpe militar de 1964 propostas pela presidência da República [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Ministério Público Federal do Rio Grande do Norte entrou na campanha contra as comemorações do 31 de março proposta pelo presidente Bolsonaro, que jura por Deus vivinho que não houve golpe nem ditadura no Brasil e a data se refere a um simples movimento militar…

Além do RN, as Procuradorias de mais 17 estados e do Distrito Federal, segundo a Procuradoria Geral da República (PGR), recomendaram a comandos militares, brigadas e grupamentos que não comemorem a data.

Para os procuradores, não pode haver comemoração porque direitos foram suprimidos durante o regime.

A PGR quer uma resposta em até 48 horas sobre os procedimentos adotados para o cumprimento da recomendação.

“A homenagem por servidores civis e militares, no exercício de suas funções, ao período histórico no qual houve supressão de direitos e da democracia viola a Constituição Federal, que repudia o crime de tortura e prevê como crime inafiançável e imprescritível a ação de grupos armados, civis ou militares, contra a ordem constitucional e o Estado Democrático”, diz o texto.

27 de março de 2019 às 9:21

Presidente Bolsonaro faz nova avaliação médica hoje em SP [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente Jair Bolsonaro faz hoje, em São Paulo, nova avaliação médica no Hospital Albert Einstein.

Esta consulta de Bolsonaro será a última feita presencialmente depois da cirurgia para retirada da bolsa de colostomia a qual ele se submeteu em janeiro.

27 de março de 2019 às 8:12

Governadores pedem agilidade do ministro Paulo Guedes para apresentar plano de recuperação dos estados [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Em mais uma reunião do Forum de Governadores, ontem em Brasília, a governadora Fátima Bezerra pediu agilidade ao ministro da Economia, Paulo Guedes, para implantação do plano nacional de recuperação fiscal.

“Nossa expectativa era de que nessa reunião o ministro da Economia, Paulo Guedes, apresentasse formalmente o plano emergencial de recuperação fiscal. O compromisso assumido pelo ministro foi de que nos próximos 30 dias o secretário de Política Econômica, Mansueto de Almeida, apresentará a proposta, que será enviada ainda ao Congresso Nacional”, disse a governadora durante o encontro realizado.

Além de medidas emergenciais para os estados, o texto da reforma da Previdência, o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) foram assuntos discutidos pelos governadores.

Confira as declarações da governadora sobre a reunião de ontem.

 

Sobre Paulo Guedes

 

Fundeb

 

Cessão Onerosa

 

Previdência

 

Fotos Guia Dantas e Renato Alves

26 de março de 2019 às 22:47

Jornalista que sobreviveu à queda de avião que matou jogadores da Chapecoense morre de infarto [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do site GauchaZH

Morre jornalista Rafael Henzel, sobrevivente da tragédia com avião da Chapecoense 

Profissional sofreu um infarto enquanto disputava uma partida de futebol

Morreu na noite desta terça-feira (26), aos 45 anos, vítima de uma infarto, o jornalista Rafael Henzel.

O profissional era um dos sobreviventes do acidente aéreo que vitimou profissionais de imprensa e boa parte do elenco da Chapecoense, em novembro de 2016.

A notícia foi confirmada pela Rádio Oeste Capital de Chapecó, onde Henzel trabalhava. 

Henzel estava reunido com amigos para um jogo de futebol quando passou mal.

Ele foi levado ao Hospital Regional do Oeste ainda com vida, mas não resistiu ao mal súbito. A confirmação da morte do narrador foi dada pelo jornalista Marcinho San, pela Rádio Oeste:

“Nosso colega Rafael Henzel veio a falecer na noite desta terça-feira. Ele jogava futebol com amigos e sofreu um infarto fulminante. Foi conduzido ao Hospital Regional de Chapecó, onde foi confirmado o falecimento do colega jornalista, narrador, Rafael Henzel”, disse San. 

Conhecido nacionalmente após o acidente com o avião da Chape na Colômbia, Henzel voltou a trabalhar normalmente com jornalismo após se recuperar dos ferimentos. Ele foi um dos quatro sobreviventes brasileiros da queda do avião da LaMia, junto dos jogadores Alan Ruschel, Neto e Follmann – dois tripulantes bolivianos também ficaram vivos.

Foram 20 dias no hospital, 10 deles na UTI, até receber alta.

Ele teve sete costelas fraturadas, pneumonia e também uma lesão no pé direito.

O narrador chegou a participar da transmissão da Rede Globo no amistoso entre a Seleção Brasileira e a Colômbia, no Rio de Janeiro, em homenagem às vítimas da tragédia. Ele esteve ao lado de Galvão Bueno e narrou parte do jogo no Engenhão.

Nos dois anos e meio após o acidente, Henzel esteve envolvido em diversos projetos sobre a queda do voo.

Na semana passada, ele esteve na Europa para participar de dois festivais de cinema, que apresentaram o documentário Nossa Chape.

Além disso, também escreveu “Viva Como Se Estivesse de Partida”, livro sobre a sua relação com a tragédia aérea, que deixou 71 mortos.

CLIQUE AQUI para saber detalhes do livro lançado pelo jornalista depois do acidente.

26 de março de 2019 às 16:16

Fogo iniciado em esteira atinge avião da Latam em BH mas ninguém fica ferido [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Um incêndio iniciado em uma esteira de desembarque atingiu o porão de uma aeronave da Latam agora há pouco no aeroporto de Belo Horizonte.

Os passageiros tinham acabado de embarcar e conseguiram sair.

Ninguém ficou ferido.

“Os passageiros foram retirados da aeronave em segurança e serão acomodados em outras aeronaves da companhia aérea”, disse a concessionária.

A Latam garante que não houve chamas no avião.

O avião partiu de Garulhos, em São Paulo, chegou a Minas, voltaria para Guarulhos e ainda faria mais quatro rotas hoje.

As fotos são de funcionários do aeroporto de Cofins.

26 de março de 2019 às 15:41

Comissão do Senado aprova requerimento solicitando inquérito para investigar preços de passagens aéreas [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Comissão de Assuntos Econômicos do Senado aprovou hoje requerimento solicitando ao Cade – Conselho Administrativo de Defesa Econômica – abertura de inquérito administrativo para apurar abusos nos preços cobrados por companhias aéreas no Rio Grande do Norte.

A proposta foi apresentada pelo senador Jean Paul Prates.

“Queremos que o Cade investigue as tarifas áreas no Rio Grande do Norte”, disse o senador.

O assunto será debatido nesta quarta-feira, em audiência pública proposta pelo deputado Hermano Morais (MDB).

 

26 de março de 2019 às 15:28

Projeto da Coteminas apresentado a Fátima é diferente do que foi prometido ao RN em 2012 [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O Rio Grande do Norte continua esperando pelo complexo Horizontes do Potengi, um complexo de 1 bilhão de dólares que seria construído em São Gonçalo do Amarante.

A promessa foi feita em fevereiro de 2012 pelo presidente da Coteminas, Josué Christiano, à governadora Rosalba Ciarlini.

O complexo, anunciado em evento com a presença da governadora e da classe política, teria um condomínio de apartamentos para 12 mil pessoas, um shopping, um hotel com 270 apartamentos, centro empresarial e de convenções, teatro, escola de ensino fundamental e médio…

Poucos meses depois, o que se viu foi o fechamento de vagas de trabalho na fábrica Coteminas, e a transferência de parte da produção para a Paraíba.

 

Em 2016, no Governo Robinson Faria, a Coteminas deu sinal do mega projeto anunciado, construindo um CMEI em São Gonçalo, com apoio da Prefeitura local e do Sesi, e mantido até hoje pela empresa.

O CMEI atende crianças de 2 a 6 anos.

Ontem o presidente da Coteminas prometeu à governadora Fátima Bezerra, a construção de uma escola modelo do ensino médio, a ser operada em parceria com Governo e Prefeitura de São Gonçalo.

O presidente ainda anunciou que a Coteminas deixa de operar como indústria têxtil na unidade da zona norte, e passa a atuar no ramo comercial e imobiliário…

E que está investindo 350 milhões em projetos imobiliários que estão em andamento…

Assim…diferente do projeto inicial anunciado em 2012.

Sem shopping, sem hotel…

As atividades têxteis da Coteminas serão consolidadas na unidade de Macaíba, que atualmente tem 600 funcionários e produz toda a linha de cama e mesa da marca Santista.

Visita da governadora Fátima Bezerra a Coteminas

26 de março de 2019 às 15:06

CCJ: Boicote anunciado por deputados faz Paulo Guedes desistir de participar de debate sobre Previdência [0] Comentários | Deixe seu comentário.

E a reforma da Previdência vai descendo pelo ralo…

O secretário de Previdência, Rogério Marinho, avisou logo cedo aos deputados da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, que o ministro da Economia, Paulo Guedes, não compareceria à sessão.

Guedes iria dar explicações sobre o projeto de reforma enviada pelo governo ao Congresso.

Paulo Guedes desistiu de ir temendo se sabatinado somente pelos deputados de oposição.

26 de março de 2019 às 15:04

Bolsonaro vai ao cinema na manhã desta terça assistir sessão exclusiva de filme que será lançado em abril [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente Jair Bolsonaro foi ao cinema na manhã de hoje.

Acompanhado da primeira-dama Michelle, e da ministra Damares Alves,o presidente foi a uma sessão exclusiva de “Superação: o milagre da fé”, exibido com interpretação simultânea em libras no cinema do Parkshopping, em Brasília.

O convite ao presidente foi feito pela Fox Films.

O filme será lançado no dia 11 de abril.

O shopping foi pego de surpresa com a visita das autoridades.

 

Veja o trailer do filme:

26 de março de 2019 às 11:06

Garibaldi diz que MDB começará no final de abril as discussões sobre eleições municipais de 2020 [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Presidente do MDB no Rio Grande do Norte, o ex-senador Garibaldi Filho está agendando para o final de abril, o início das discussões em torno das eleições municipais de 2020.

Ao Blog, pouco antes de ser homenageado na Assembleia Legislativa, Garibaldi disse que o partido começará pela regularização dos diretórios no interior, muitos ainda funcionando no formato de comissões provisórias.

26 de março de 2019 às 10:54

Jornalista Garibaldi Filho é homenageado em sessão solene pelo aniversário da Tribuna do Norte [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Ex-senador Garibaldi Filho recebeu homenagem, na manhã desta terça-feira, na Sessão Solene proposta pelo presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza, para lembrar os 69 anos do jornal Tribuna do Norte.

Como repórter do jornal antes de entrar para a política, Garibaldi foi o homenageado do presidente.

Foto Thaisa Galvão

Cada deputado fez uma homenagem, e entre jornalistas e fundadores da Tribuna, os irmãos Aluízio Alves, José Gobat Alves e Agnelo Alves, todos já falecidos, receberam homenagem in memoriam.

Escolhido para falar em nome dos homenageados foi o diretor da Tribuna do Norte, Ricardo Gobat Alves.

Fotos Eduardo Maia

26 de março de 2019 às 9:42

Juiz que prendeu Michel Temer posta mensagem aos ‘tolos’ que questionaram sua decisão [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do juiz federal Marcelo Bretas, em resposta aos muitos questionamentos jurídicos sobre a prisão do ex-presidente Michel Temer:

26 de março de 2019 às 8:59

1964: Presidente Bolsonaro determina que Ministério da Defesa ‘comemore’ o golpe que deu início à ditadura [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Vai ter festa no Brasil para comemorar o Golpe de 1964.

Apesar dos brasileiros terem aprendido que foi um Golpe que deu início à ditadura militar no Brasil, em 31 de março de 55 anos atrás, o presidente Jair Bolsonaro não entende o movimento militar de 1964 como golpe.

E deu ordem para…comemorar o ‘movimento’ militar que depôs o então presidente João Goulart, e deu início a um regime ditatorial que durou 21 anos, matou muita gente, torturou muita gente, prendeu muita gente.

No período não houve eleição direta para presidente e o Congresso Nacional chegou a ser fechado, mandatos foram cassados e houve censura à imprensa.

Mas no Brasil, a ordem é…comemorar.

“O nosso presidente já determinou ao Ministério da Defesa que faça as comemorações devidas com relação a 31 de março de 1964, incluindo uma ordem do dia, patrocinada pelo Ministério da Defesa, que já foi aprovada pelo nosso presidente”, afirmou o porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, durante coletiva no Palácio do Planalto.