Thaisa Galvão

5 de abril de 2019 às 21:28

Para prefeito Álvaro Dias, senadores e deputados federais estão discriminando Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O prefeito de Natal, Álvaro Dias, falou sobre a decisão dos deputados federais e senadores, que cortaram das emendas de bancada, os recursos para implantação de um polo turístico na praia da Redinha.

A emenda garantida ao prefeito no ano passado era de 24 milhões, que se transformou (a emenda) em 1 milhão…e hoje, depois de críticas de deputados estaduais e vereadores, passou para 8,5 milhões.

Para Álvaro, a posição da senadora Zenaide Maia e do deputado federal Benes Leocádio, apresentada na reunião da quinta-feira, foi a mais sensata: manter todas as emendas, cortando de cada uma, 21,6%, adotando o corte linear a partir do índice cortado pelo governo federal.

“Essa é uma posição ostensiva dos deputados federais e senadores do Rio Grande do Norte contra Natal. É um ato discriminatório contra a capital, contra a praia da Redinha e contra a zona Norte de Natal”, disse Álvaro Dias.

“Eles poderão pagar um preço alto quando quiserem se reeleger”, alertou o prefeito.

Para Álvaro, a emenda era de 24 milhões, e obedecido o corte do governo federal, de 21,6%, deveria ficar em pouco menos de 19 milhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.