Thaisa Galvão

13 de maio de 2019 às 9:06

Promessa do presidente a Sérgio Moro não vale [2] Comentários | Deixe seu comentário.

Valha que a promessa do presidente Jair Bolsonaro ao ministro Sérgio Moro não vale muita coisa não…

 

Por Bernardo Mello Franco, no Globo:

Pacote apoiado por Moro impediria sua indicação ao STF

O presidente Jair Bolsonaro anunciou, neste domingo, que indicará o ministro Sergio Moro para a próxima vaga no Supremo Tribunal Federal.

A promessa contraria o pacote de 70 medidas contra a corrupção apoiado pela força-tarefa da Lava-Jato e pelo próprio ministro da Justiça.

A 29ª medida do pacote proíbe a indicação ao STF de quem tenha, nos quatro anos anteriores, “ocupado mandato eletivo federal ou cargo de procurador-geral da República, advogado-geral da União ou ministro de Estado”.

2 respostas para “Promessa do presidente a Sérgio Moro não vale”

  1. Moisés disse:

    Valha e o pacote de Moro com 70 medidas já foi aprovado no congresso sem ressalvas?

  2. Rosenildo disse:

    Se observado o novo formato das 70 medidas, veremos que houve alteração no texto original. O texto anterior dizia assim “Veda a indicação de quem tenha, nos quatro anos anteriores, ocupado mandato eletivo federal ou cargo de Procurador-Geral da República, Advogado-Geral da União ou Ministro de Estado.”. Agora, depois de Moro Ministro e com o compromisso dele com o Presidente, o novo texto ficou assim “Confere maior transparência ao processo de eleição de ministros do STF e impõe uma quarentena prévia – vedando a indicação de ocupantes de determinados cargos para a Suprema Corte – e posterior – proibindo que ministros concorram a cargos eletivos no prazo de 4 anos após saírem do tribunal.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*