Thaisa Galvão

17 de janeiro de 2020 às 12:25

Queda de Roberto Alvim: Não é pena de morte mas é demissão [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Não foi pena de morte, como sugeriu Olavo de Carvalho, mas foi demissão.

E o presidente Jair Bolsonaro decidiu demitir o secretário nazista Roberto Alvim da Secretaria de Cultura.

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, a quem a Secretaria de Cultura é ligada, já foi comunicado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*