Thaisa Galvão

30 de janeiro de 2020 às 15:49

Fátima e Raimundo com o pré-candidato a prefeito de Riachuelo Júnior Colaça [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado Raimundo Fernandes e a governadora Fátima Bezerra se encontraram nesta quinta-feira no Comando da Polícia Militar.

Foi durante solenidade de promoção de militares pelo Governo do Estado.

Com Raimundo estava o pré-candidato a prefeito de Riachuelo, Júnior Colaça, que conta com o apoio da governadora na campanha.

Fátima e Raimundo andam afinados e Colaça deverá ter o apoio da governadora.

30 de janeiro de 2020 às 12:14

Governadora Fátima entrega escolas reformadas em Currais Novos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A governadora Fátima Bezerra foi a Currais Novos nesta quarta-feira para entregar as escolas estaduais Tristão de Barros e Ester Galvão, que passaram por reformas.

O investimento de 7 milhões de reais foi do Governo Cidadão, via acordo de empréstimo junto ao Banco Mundial.

A inclusão das duas escolas de Currais Novos no programa de reformas foi feito pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira.

Fátima foi visitar as escolas que agora tem novas salas de aula, laboratórios, salas de recursos multifuncionais, biblioteca e quadras poliesportivas cobertas. Os investimentos são aplicados pelo projeto Governo Cidadão, via acordo de empréstimo junto ao Banco Mundial.

“Tivemos todo o empenho para garantir a reforma e que o ano letivo fosse iniciado com a obra concluída. É uma importante conquista para a educação de Currais Novos ter nas escolas um ambiente acolhedor e digno, com estrutura moderna”, afirmou a governadora.

“Muito importante destacar o papel do deputado Ezequiel Ferreira na luta para incluir as escolas no pacote de reformas. Essas obras são parte dos sonhos da juventude que não abre mão da educação de qualidade e da escola pública fortalecida. Aqui estão o presente e o futuro de Currais Novos”, completou Fátima.

Atualmente 15 escolas estão passando por obras de reforma e ampliação com recursos do acordo de empréstimo.

Fotos Elisa Elsie

 

30 de janeiro de 2020 às 11:59

Retrato atual do INSS: Idoso de mais de 100 anos viaja 40 km e não é atendido em Currais Novos [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Retrato do INSS no Governo Bolsonaro, depois da reforma da Previdência.

Depois de viajar 40 quilômetros de Florânia a Currais Novos para ser atendido, como agendado, Seu José Eleotério de Morais, que tem MAIS de 100 ANOS, teve que voltar para casa sem fazer a perícia.

O sistema estava fora do ar.

O idoso solicitou um acréscimo ao qual tem direito, de 25% sobre seus vencimentos como aposentado por invalidez, para pagar despesas com a saúde debilitada.

O INSS marcou a perícia e exigiu a presença do idoso mesmo sabendo que ele não mora na cidade.

O procedimento foi remarcado para o dia 14 de fevereiro, novamente com a exigência da presença de Seu José Eleotério.

O caso do idoso de Florânia é apenas um dos milhares que retratam o caos no atual modelo do INSS, onde a população nem consegue fazer perícia e muito menos se aposentar.

30 de janeiro de 2020 às 11:43

Passagem de ônibus vai subir em Natal e frota continua ruim [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Vem aí novo aumento de tarifa de ônibus em Natal.

As contas já estão sendo feitas e apontam para um desequilíbrio econômico-financeiro.

A qualidade dos ônibus continua a mesma.

Em desequilíbrio com as necessidades da população.

30 de janeiro de 2020 às 11:24

Secretário é demitido por usar jatinho da FAB que ministros usaram mais de mil vezes em 2019 [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O ex-número 2 da Casa Civil, Vicente Santini, pagou o pato porque usou um avião da FAB para ir trabalhar na Índia.

É que o Governo Bolsonaro prega uma moralidade que auxiliares não podem usar os aviões públicos e tem que viajar em aviões de carreira.

Masss…

Levantamento feito pelo G1 mostra que os ministros de Jair Bolsonaro fizeram 1.060 viagens em jatinhos da Força Aérea Brasileira (FAB) durante o primeiro ano de governo, em 2019.

No total, as autoridades solicitaram um jatinho da FAB a cada 8 horas e passaram mais de 2 mil horas no ar.

O motivo mais frequente para solicitar o uso das aeronaves é “serviço”.

Os recordistas de voos são Osmar Terra (Cidadania), Ernesto Araújo (Relações Exteriores) e Ricardo Salles (Meio Ambiente).

Em apenas um ano, Terra fez 113 viagens; Araújo, 104; e Salles, 93.

A média é de 48,2 voos por ministério em um ano.

Confira os números do G1:

 

30 de janeiro de 2020 às 8:49

Bolsonaro exonera duas vezes auxiliar que usou privilégios em serviço mas mantém nos cargos secretário e ministro investigados por corrupção [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente Jair Bolsonaro demitiu o número 2 da Casa Civil, Vicente Santini, por ter usado um avião da FAB em setviço numa viagem à Índia.

Santini é amigo dos filhos de Bolsonaro, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), e os dois ajeitaram para ele não ficar sem emprego e Santini foi nomeado para outro cargo, sem nenhum perda já que o salário seria praticamente o mesmo – somente cerca de 350 reais menos do que recebia como número 2 da Casa Civil.

A imprensa divulgou a pouca vergonha e agora Bolsonaro fala em exonerar de novo o amigo dos filhos, que ele mesmo nomeou.

Indignado com a nomeação patrocinada por ele mesmo.

Maaaasss…

Bolsonaro não fala em exonerar o secretário de Comunicação, Fábio Wajngarten nem o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, o primeiro, investigado por beneficiar a própria empresa com dinheiro público que ele mesmo controla e o segundo, indiciado pela Polícia Federal por chefiar o esquema de candidaturas laranjas do PSL.

Como também não emitiu nenhum tom de seriedade nas invextigações de Fabrício Queiroz, apontado como operador do filho Flávio no esquema de rachadinha no gabinete dele quando era deputado estadual.

Foi um deslize qualquer…Bolsonaro vai lá e demite e fica esperando as palmas e ser chamado de mito.

Mas os casos de corrupção, acumulados na porta do gabinete presidencial ou na porta de casa mesmo, o presidente faz que não é com ele, e nem se incomoda de ser chamado de mico.