Thaisa Galvão

17 de fevereiro de 2020 às 14:22

A besteira de João Doria [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O governador de São Paulo, João Doria, falou a besteira do século.

Ele disse que o policial que se defendeu de um assalto, atirando e baleando 5 pessoas, ‘agiu como deveria ter agido’.

“Um policial não é só policial quando está fardado, ele é policial por opção, por determinação e treinamento. Então ele está em ação. Quero registrar que neste fato não houve nenhuma morte, nenhum ferimento grave, e os bandidos foram presos, ou seja, o policial agiu como deveria ter agido para proteger as pessoas”, disse imbecilmente o governador Doria.

Ora, se o policial é policial 24 horas, ele não pode ser folião.

Porque ele estava no bloco como folião.

Com uma corrente no pescoço, que chamou atenção dos bandidos, o policial se valia da arma que portava.

E na hora que ele reagiu ao assalto, ele estava defendendo ele próprio, e não protegendo as pessoas, como imbecilmente falou o governador de São Paulo.

A confusão foi neste domingo, na Avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini, no Brooklin, quando por volta das 17h30 um grupo que fazia arrastão teria tentado roubar a corrente do policial.

No momento do tiroteio, o bloco ‘Só Track Boa’ estava desfilando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*