Thaisa Galvão

12 de março de 2020 às 10:18

Suspeita de coronavírus de auxiliar da presidência faz Bolsonaro cancelar viagem a Mossoró [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A suspeita de Coronavírus atribuída ao secretário de Comunicação do Palácio do Planalto, Fábio Wajngarten, que fez um teste ontem em São Paulo, fez Jair Bolsonaro cancelar a visita que faria hoje a Mossoró.

A assessoria de Bolsonaro justifica o cancelamento da agenda à pandemia anunciada ontem pelo Organização Mundial de Saúde.

Na realidade, como viajou com Wajngarten no mesmo avião, na volta de Miami para o Brasil, Bolsonaro passa a ser investigado.

Alguém ainda lembra daquele primeiro caso registrado no Brasil, de um homem de 61 anos que veio da Itália?

Lembram que todos os passageiros do avião, que sentaram nos arredores da poltrona dele, foram procurados pela Saúde Pública para se submeter a exames?

Mesmo caso de Bolsonaro.

Viajou com o secretário suspeito e terá que se submeter a testes.

Bolsonaro cancelou a viagem a Mossoró.

Ele sairia de Brasília às 13 horas e na agenda presidencial não constava mais nenhum outro compromisso.

O presidente está na residência oficial do Palácio da Alvorada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*