Thaisa Galvão

15 de março de 2020 às 13:35

Secretário Fernando Mineiro critica “chacota” publicada em veículo de comunicação sobre assunto grave [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O ex-deputado e secretário de Gestão de Projetos do Governo do Estado, reagiu ao decreto fake publicado na edição online do jornal Tribuna do Norte, neste domingo.

E escreveu nota criticando o que entende como “chacota” o que foi publicado sobre um assunto de extrema seriedade e gravidade.

Nota

O ex-secretário de Saúde do Governo Rosalba, médico Domício Arruda Câmara, prisioneiro do passado, no blog Território Livre, edição de hoje (15/03) da Tribuna do Norte, fez chacota com o assunto de extrema seriedade e gravidade, que mobiliza governos e sociedades em todo o mundo.

Tripudiando das medidas adotadas pelo Governo do RN para minimizar os efeitos mortais do coronavírus em nosso estado, o Dr. Domício, ao invés de somar, como profissional e cidadão, na guerra contra o vírus resolveu fazer graça com assunto tão sério.

Uma postura desrespeitosa e irresponsável, que certamente contraria a ética profissional, por induzir as pessoas a eventuais erros de interpretação e comportamento em relação ao documento da governadora e à pandemia.

O “decreto” do Dr. Domício pode até ter alimentado risos em algumas mesas oposicionistas no café da manhã de hoje, mas não tem graça nenhuma para quem pode ser vítima do coronavírus e espera orientações corretas da parte de quem produz e tem acesso à informação.

De um profissional da saúde se esperaria atitude construtiva nos tempos que vivemos. Mas existe outro tipo de vírus, que contagia de forma odiosa e permanente pessoas que reduzem tudo à velha disputa política rasteira, desqualificada, irresponsável.

Contra essa infecção, só há um remédio, que o médico Domício certamente prescreveria ao redator Domício: responsabilidade no uso das palavras, que, em mãos e bocas levianas e sem compromisso com a verdade, podem ser mais mortais que o coronavírus.

Ainda bem que o Dr. Domício não é mais secretário de Saúde do RN.

Imagine aí se ele estivesse no cargo e encarasse um problema de saúde pública dessa magnitude como o redator Domício encarou.

Fernando Mineiro

O ex-secretário de Saúde do Governo Rosalba, médico Domício Arruda Câmara, prisioneiro do passado, no blog Território Livre, edição de hoje (15/03) da Tribuna do Norte, fez chacota com o assunto de extrema seriedade e gravidade, que mobiliza governos e sociedades em todo o mundo.

Tripudiando das medidas adotadas pelo Governo do RN para minimizar os efeitos mortais do coronavírus em nosso estado, o Dr. Domício, ao invés de somar, como profissional e cidadão, na guerra contra o vírus resolveu fazer graça com assunto tão sério.

Uma postura desrespeitosa e irresponsável, que certamente contraria a ética profissional, por induzir as pessoas a eventuais erros de interpretação e comportamento em relação ao documento da governadora e à pandemia.

O “decreto” do Dr. Domício pode até ter alimentado risos em algumas mesas oposicionistas no café da manhã de hoje, mas não tem graça nenhuma para quem pode ser vítima do coronavírus e espera orientações corretas da parte de quem produz e tem acesso à informação.

De um profissional da saúde se esperaria atitude construtiva nos tempos que vivemos. Mas existe outro tipo de vírus, que contagia de forma odiosa e permanente pessoas que reduzem tudo à velha disputa política rasteira, desqualificada, irresponsável.

Contra essa infecção, só há um remédio, que o médico Domício certamente prescreveria ao redator Domício: responsabilidade no uso das palavras, que, em mãos e bocas levianas e sem compromisso com a verdade, podem ser mais mortais que o coronavírus.

Ainda bem que o Dr. Domício não é mais secretário de Saúde do RN.

Imagine aí se ele estivesse no cargo e encarasse um problema de saúde pública dessa magnitude como o redator Domício encarou.

Fernando Mineiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*