Thaisa Galvão

2 de maio de 2020 às 14:18

O aglomerado na Caixa do Alecrim, a providência da Prefeitura e o apelo dos empresários [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O decreto que obriga uso de máscaras em Natal não foi cumprido neste sábado por boa parte das pessoas que foram à agência da Caixa Econômica no Alecrim, para receber os 600 reais do auxílio emergencial.

A STTU até fechou a rua da Caixa – Presidente Bandeira – para que se pudesse organizar filas…

Isso foi ontem:

Isso foi hoje:

Aí a fila foi organizada:

E o decreto descumprido:

Diante da aglomeração diária na agência da Caixa do Alecrim, a associação de empresários do bairro pedem à Prefeitura o apoio necessário para manter o distanciamento de pessoas e a organização das filas.

“Sugerimos que as tendas utilizadas na feira do Alecrim sejam também utilizadas durante a semana para dar abrigo às pessoas que se dirigem à Caixa, e assumimos o compromisso de pagar as despesas com montagem e desmontagem das tendas”, disse o empresário Pedro Campos, presidente da associação.

“Sabemos que quanto maior o risco de contaminação com o ajuntamento de pessoas, maior será o caos na saúde pública. A AEBA vem contribuindo na prevenção do contágio do vírus, com a distribuição de máscaras nas empresas do Alecrim e contratação de carro de som veiculando mensagens educativas aos empresáriso e a população que procura o Alecrim”, afirmou Campos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*