Thaisa Galvão

2 de maio de 2020 às 12:10

Sindicato dos médicos não levou em consideração a morte de 3 colegas antes de organizar uma live ao vivo na frente do Walfredo Gurgel [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Faltou algum amigo sensato fazer uma lembrança ao presidente do sindicato dos médicos, Geraldo Ferreira, quando planejou o espetacular show da banda Grafith na frente do Hoapital Walfredo Gurgel no dia do Trabalho:

Que 3 médicos, além de outros profissionais de saúde, já morreram por coronavírus no Rio Grande do Norte.

Mas o sindicato queria fazer live na frente do hospital.

Quando os artistas que mais aglomeram no país estão fazendo dentro de suas casas.

Só para lembrar Ivete Sangalo de pijama na cozinha de casa e Marília Mendonça de sandália havaianas na sua sala.

Faltou alguém lembrar ao presidente do sindicato dos médicos sobre a morte dos três colegas…

A menos que o recado político aos trabalhadores da saúde tenha falado mais alto para o sindicato.

Lamentável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*