Thaisa Galvão

6 de maio de 2020 às 7:42

Ministério da Saúde chuta que pico da pandemia será em maio ou em junho ou em julho [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Ministério da Saúde ainda não sabe informar quando, efetivamente, ocorrerá o pico dos casos de contaminação e mortes pela covid-19 nos cinco Estados mais afetados pela doença no país:  São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará, Pernambuco e Amazonas.

Pode ser que dependa do tamanho das domingueiras em Brasília.

Ou do tamanho dos movimentos diários do cercadinho de Brasília.

Ou dos tamanhos das filas em agências da Caixa Econômica em todo o Brasil.

Ou das festinhas de amigos em casa.

Tudo imprevisível, daí o Ministério da Saúde não conseguir prever nada.

“Ainda não dá pra dizer quando chegaria o pico da crise. O isolamento social reduz a curva de casos. Ainda não sabemos em que data exata isso ocorrerá. O que posso dizer é que será entre maio, junho e julho, não tenho dúvida”, disse o secretário de vigilância em saúde do Ministério da Saúde, Wanderson de Oliveira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*