Thaisa Galvão

11 de maio de 2020 às 12:38

Depoimento do PF Maurício Valeixo dá início às oitivas do inquérito que apura interferência do Governo na Polícia Federal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Começaram hoje os depoimentos dos nomes envolvidos no inquérito que aponta interferência do Palácio do Planalto na Polícia Federal.

O ex-diretor-geral da PF, Maurício Valeixo, presta depoimento na sede da PF em Curitiba.

Estão previstos para a partir das 15h, na sede da PF em Brasília, os depoimentos do delegado Ricardo Saadi e do diretor da Agência Brasileira de Inteligência Alexandre Ramagem Rodrigues.

As oitivas foram determinação pelo ministro Celso de Mello, relator do caso no Supremo Tribunal Federal, atendendo a pedido do procurador-geral da República Augusto Aras, após o depoimento prestado por Moro no dia 2 de maio.

Valeixo foi o pivô da exoneração de Moro do governo e da abertura do inquérito no Supremo.

Ele chegou na sede da PF em Curitiba às 9h50 para a oitiva marcada para começar às 10h.

Nesta terça-feira deverão depor os ministros Walter Braga Netto (Casa Civil), Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional) e Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo).

Os depoimentos acontecerão a partir das 15h no Palácio do Planalto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*