Thaisa Galvão

3 de junho de 2020 às 17:08

Jornalista faz doação de plasmas para tratamento de pacientes com Covid e conta como soube que já tinha sido infectada [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Depois de testar positivo para o coronavírus, tendo passado pela Covid assintomática, a jornalista Marília Rocha, diretora de Comunicação da Assembleia Legislativa, fez a sua parte: doou plasmas para ajudar no tratamento de pacientes internados.

No instagram ela contou o que viveu depois que soube que um dia tinha tido Covid-19.

3 de junho de 2020 às 16:54

Covid: Jornalista faz apelo para as pessoas ficarem em casa depois de perder dois familiares em apenas 4 dias [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da jornalista Elaine Vládia, que em 4 dias perdeu duas pessoas da família para o coronavírus:

3 de junho de 2020 às 15:59

Duas mortes em 3 dias faz Prefeitura de São Paulo do Potengi decretar lockdown a partir desta quarta-feira [1] Comentários | Deixe seu comentário.

A Prefeitura de São Paulo do Potengi vai decretar lockdown a partir desta quinta-feira, quando a decisão do prefeito Naldinho será publicada no Diário Oficial do município.

As ruas serão fechadas e na entrada única da cidade será montada barreira sanitária.

Somente o comércio essencial vai funcionar.

O lockdown terá duração de 15 dias podendo ser renovado.

A decisão da Prefeitura se deu depois da morte de uma pessoa na segunda-feira e de outra nesta quarta-feira.

3 de junho de 2020 às 15:36

Prefeitura de Natal vai construir Unidade Básica de Saúde em Dix-Sept Rosado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Mesmo diante da crise instalada pelo novo coronavírus e pela queda na arrecadação, a Prefeitura do Natal segue realizando obras por toda a cidade. Mais uma será feita. Nesta terça-feira (02) o prefeito Álvaro Dias assinou a ordem de serviço para a construção da Unidade Básica de Saúde Dix-Sept Rosado, localizada na avenida Bernardo Vieira, Zona Oeste da cidade.

Essa é a segunda autorização para início de obras que o prefeito emite só nesta semana. A primeira foi o início da construção do Polo Gastronômico de Ponta Negra.

“Nós autorizamos o início dessa obra importante, que é a construção da Unidade Básica de Saúde Dix-Sept-Rosado, onde antes funcionava o Hospital Sandra Celeste. Vamos fazer uma bela unidade de saúde, bem equipada e estruturada para atender a toda a comunidade. Apesar das dificuldades, jamais vamos deixar de atender as necessidades da nossa população”, disse o prefeito.

A UBS terá dois pavimentos com área total construída de 548,21m² e contará com quatro consultórios médicos, quatro consultórios de enfermagem, consultório odontológico com quatro cadeiras, sala de curativo, sala de procedimento, sala de observação, sala de reunião/multiuso, sala de vacina, farmácia e banheiros acessíveis.

O valor total do investimento é de R$ 1,2 milhão, sendo R$ 951 mil oriundos de emenda parlamentar do deputado federal à época, Rogério Marinho, e R$ 317 mil com recursos da Prefeitura. O representante da Engevac Engenharia, Rafael Vieira, empresa responsável pela obra, revelou que o projeto de construção já teve início, com a fase de limpeza do terreno e a contratação de projetos complementares. O prazo para a conclusão será de oito meses.

O secretário de Saúde de Natal, George Antunes, destacou a importância da nova UBS. “A unidade vai atender a população que ficou desassistida desde a época do deslocamento do Sandra Celeste para outra região e agora voltará a ter esse atendimento mais próximo. A medicina preventiva é melhor do que a medicina curativa. Além de ser mais barata, é a mais eficaz”, pontuou.

3 de junho de 2020 às 15:09

Informe Publicitário: “Macau foi escolhida como bode expiatório de uma calamidade nacional” [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Publicidade

O Jornal Nacional veiculou matéria nesta terça-feira, 2 de junho, em que retrata a morte de uma paciente na cidade de Macau.
A reportagem errou ao afirmar que a paciente morreu por falta de medicamento.

Apresenta também um vídeo em que um homem diz que está faltando médico no hospital.

A reportagem faz uma ligação entre a morte da paciente e a falta de médico no hospital, apesar de o prefeito Túlio Lemos ter prestado esclarecimentos à reportagem de que um fato não teria ligação com o outro e que, nas 3 horas em que o hospital ficou sem médico, injustificadamente, não houve falta de atendimento a nenhum caso grave.


O prefeito reconheceu o erro da Cooperativa Médica em não cumprir com o seu compromisso de fazer presente os dois médicos contratados diariamente, fato que já está resolvido.
Mas, este fato não teve qualquer ligação com o óbito ocorrido.

Vamos aos fatos verdadeiros: a paciente chegou ao hospital em estado clínico grave. Foi atendida, submetida a todos os procedimentos possíveis e usou a medicação prescrita pelo médico. Infelizmente, não resistiu. Fato que pode ocorrer em qualquer hospital.

Com um detalhe: ainda não foi confirmada como positivo para Covid.
A falta de médico na hora da gravação de vídeo por um popular, foi retratada como se não houvesse médico na unidade hospitalar de forma contínua. Generalizou uma situação em detrimento da verdade.

O hospital de Macau é um dos poucos de seu porte que disponibiliza dois médicos no plantão 24 h por dia, todos os dias. De forma eventual e surpreendente, por cerca de três horas, o hospital ficou sem médico porque os profissionais escalados não compareceram. Fato que foi corrigido em seguida e a unidade passou a contar com dois médicos para atender à população.

O fato foi registrado pela direção do hospital e a cooperativa médica foi notificada do ocorrido.
Ou seja: dois fatos distintos e sem qualquer ligação. A paciente não morreu por falta de médico ou medicamento. A reportagem errou.

Macau foi pioneira em várias ações de prevenção e combate ao Coronavírus e tem promovido contínuas atitudes de proteção aos profissionais da saúde e à toda a população.
Há cidades vizinhas ou distantes de Macau com vários casos de óbito por Covid e nenhuma “mereceu” destaque nacional. Macau foi “escolhida” como bode expiatório de uma calamidade nacional.

Mas, tudo é política. Ou politicagem. Adversários da gestão municipal “comemoraram” o fato de Macau ter sido notícia nacional. Esquecem que o referido hospital realiza dezenas de atendimentos todos os dias, salvando vidas e curando morbidades.

É triste ver que pessoas inescrupulosas fazem uso de uma morte para tentar obter ganhos políticos, sem ao menos respeitar os profissionais da saúde ou mesmo os familiares da vítima.
O Hospital Antonio Ferraz vai continuar cumprindo sua missão de salvar vidas, apesar dos ataques permanentes de quem não respeita a vida e nem a morte.

Prefeitura Municipal de Macau

3 de junho de 2020 às 13:49

Destinação de saldo milionário para combate ao coronavírus, aprovado pelo Congresso, é vetado por Bolsonaro [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Do G1

O presidente da República Jair Bolsonaro vetou o uso do saldo remanescente do Fundo de Reservas Monetárias (FRM), de cerca de R$ 8,6 bilhões, para o combate ao novo coronavírus.

A decisão foi publicada na edição desta quarta-feira (3) do “Diário Oficial da União”.

A destinação do dinheiro tinha sido aprovada em maio pelo Congresso Nacional durante a análise de medida provisória editada por Bolsonaro e que extinguiu o fundo.


Bolsonaro também vetou outros trechos do texto aprovado pelos parlamentares, entre eles o que previa a repartição do dinheiro entre estados e municípios para a compra de materiais de prevenção à pandemia.


O presidente sancionou apenas a parte da lei que extingue o fundo, que já estava inativo.
Criado em 1966, o FRM era abastecido com reservas do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), usadas para intervenção nos mercados de câmbio e na assistência a bancos e instituições financeiras.

Agora, cabe ao Congresso analisar o veto presidencial, que poderá ser mantido ou derrubado. Não há ainda previsão de quando a questão será analisada pelos parlamentares.

3 de junho de 2020 às 12:24

Prefeito Álvaro Dias levanta o tom político contra o governo, cobra instalação de hospital de campanha e diz que não é hora de flexibilizar [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O tom é político e o que poderia ser uma parceria, passou a ser críticas e cobranças.

A entrevista do prefeito de Natal, Álvaro Dias, a Tribuna do Norte de hoje, separa qualquer possibilidade de união entre município e estado durante a pandemia.

Confira:

Prefeito, que avaliação o senhor faz dessa proposta de pacto pela vida lançada pelo Governo do Estado?

Essa reunião do ‘Pacto pela Vida’ eu acho que deve ser discutida melhor para que cada um dos integrantes desse pacto possa assumir compromissos e ter uma atuação eficaz, efetiva, firme contra o Coronavírus na cidade de Natal e no Estado do Rio Grande do Norte. Acho que o Governo do Estado deveria ter uma atuação mais efetiva. Deveria fazer ou seguir o exemplo da Prefeitura de Natal que em 60 dias montou, instalou e equipou um Hospital de Campanha com 100 leitos de enfermaria para Coronavírus e 20 leitos de UTI. Com respirador, com monitor, com tomógrafo, com ultrassom, com oxímetro, com tudo que tem necessidade para que os pacientes possam ser bem assistidos. Acho que o Governo do Estado está devendo isso e por esse motivo também, talvez, as UPAs estejam sobrecarregadas e superlotadas como nós estamos vendo. Elas estão superlotadas de pacientes oriundos de interior, quando deveriam estar atendendo pacientes da cidade de Natal. As Unidades de Pronto Atendimento foram construídas para atender pacientes de Natal, mas estão atendendo pacientes do interior.

Na sua avaliação o Governo está falhando em criar leitos no interior e em Natal para atender pacientes?

Acho que o Governo deveria instalar um Hospital de Campanha aqui em Natal e disponibilizar mais leitos. Porque o nosso Hospital de Campanha foi feito, foi equipado e instalado para atender à população da cidade de Natal e nós estamos sendo instados a atender pacientes do interior, que é o que estat acontecendo nas UPAs. Natal tem 850 mil habitantes e temos mais de 1,5 milhão de cartões do SUS. O que mostra e comprova que pacientes do interior estão usando os serviços públicos de saúde de Natal, inclusive fraudando os cartões do SUS. Esse é um dos motivos da superlotação das UPAs e motivos da superlotação das UPAs e dos hospitais aqui em Natal. E acho que o Governo do Estado deveria, nessa crise, nessa calamidade, ter o seu próprio Hospital de Campanha para atender os que estão vindo do interior.

Como prefeito, o senhor estuda alguma medida para que só sejam atendidos em Natal os pacientes que sejam realmente do município?

Olhe, a obrigação do município é assistir os pacientes do município. Os pacientes de fora devem ser amparados, assistidos, tratados pêlosy serviços públicos do Governo do Estado. Mas nós não podemos restringir o acesso dos pacientes que estão procurando as Unidades de Pronto Atendimento. Até porque se for negado esse atendimento, pode haver o questionamento jurídico com relação a omissão de socorro. Então, temos atendido e temos internado mesmo sabendo que os pacientes não são de Natal.

Se o senhor fosse governador hoje, que medida tomaria para resolver essa questão?

Pergunte a governadora.

Esta semana, o secretário George Antunes, (Saúde-Natal) cobrou manutenção das medidas de isolamento. E agora, nessa discussão do ‘Pacto pela Vida’ foram sugeridas medidas como fechamento das orlas e proibição da circulação de pessoas. O senhor vai adotar essas medidas em Natal?

George Antunes cobrou manutenção do isolamento social e eu também sou favorável. Sou favorável à manutenção do isolamento social. Eu acho que nós ainda não estamos preparados para flexibilizar. Inclusive, a Prefeitura está fazendo a parte dela. Estamos entrando nos transportes coletivos, distribuindo máscaras e álcool em gel, higienizando as paradas de coletivos, locais de grande circulação, equipes atuando dentro da cidade, montamos o Hospital de Campanha, que está recebendo os pacientes; discutimos com o Comitê Científico um protocolo para ser estabelecido para orientar o tratamento do coronavírus na cidade do Natal. Um protocolo que foi adotado pelo Conselho Regional de Medicina e também pela Secretaria Municipal de Saúde e estamos tomando todas as medidas plausíveis e necessárias para tratar e prevenir o coronavírus. Inclusive, estamos indicando – de acordo com o protocolo do Comitê Científico, medicamentos como profiláticos para prevenir o Coronavírus na cidade de Natal. Além de estarmos instituindo medidas terapêuticas, estamos instituindo medidas profiláticas para prevenir o coronavírus. E acho que o Governo do Estado tem se omitido com relação a essa questão. Quero cobrar aqui uma ação mais eficaz do Governo do Estado como a instituição de um protocolo de tratamento; a instalação e equipamento de um Hospital de Campanha para receber os pacientes do interior, para que não continue se sobrecarregando as Unidades de Pronto Atendimento de Natal e o Hospital de Campanha de Natal com pacientes do interior. Se isso não for feito, o Hospital de Campanha também será sobrecarregado com pacientes do interior. E nós queremos evitar que isso aconteça. É preciso que o Governo do Estado faça a parte dele.

O senhor avalia fechar o acesso à orla e reduzir a circulação de pessoas como medidas complementares a tudo isso que foi citado?

Essa determinação de fechar a orla foi elaborada, publicada e decidida pelo Governo do Estado. Então, o Governo do Estado tem aí os mecanismos de fazer cumprir o seu decreto. Mas além de procurar fazer cumprir o decreto, eu acho, volto a repetir – o Governo do Estado deveria agir de maneira mais ampla, instituindo medidas profiláticas e terapêuticas; disponibilizando medicamentos; disponibilizando protocolos; disponibilizando leitos de enfermaria e UTI para tratar o Coronavírus. Não apenas utilizar medidas restritivas de isolamento social, que devem continuar a existir. Nós não estamos preparados, ainda, para flexibilizar.

Mas a orla é uma questão do município. O senhor avalia ou não fechar?

Não. Não é do município. O Governo do Estado elaborou um decreto para o Estado todo. Então o Governo tomou essa decisão, o Governo procure colocar em prática o seu decreto. Nós vamos colocar em prática as medidas que já estamos implantado e que são muito mais amplas para prevenir e tratar o Coronavírus. Espero que o Governo do Estado possa proceder da mesma forma.

O Comitê Científico do Consórcio do Nordeste recomendou lockdown (“bloqueio total”) para Natal e Mossoró. Qual a sua opinião sobre isso?

Eu não concordo, não acho que tenha necessidade de um lockdown. Concordo que se mantenha o isolamento social. Mas o lockdown eu não concordo. Como médico, como cidadão, como ser humano, como pessoa e como prefeito não acho que tenha necessidade – ainda – de um lockdown aqui em Natal.

Os posicionamentos que o senhor vem adotando tem sido influenciados pelo fato do senhor ser pretenso candidato a reeleição à Prefeitura?

Não. Até porque eu não decidi se sou candidato à reeleição. Poderei ser e poderei não ser. Tenho dito isso reiteradas vezes. As medidas que eu tenho adotado aqui na cidade de Natal eu tenho tomado como médico e tenho tomado como prefeito, orientado pelo Comitê Científico criado aqui e que tem infectologistas reconhecidamente competentes, como o médico Fernando Suassuna, Luiz Alberto Marinho e Eliana Lúcia Tomaz do Nascimento. Médicos e outros colegas de profissão que fazem parte do nosso Comitê e que tem apresentado propostas e tem sido acatadas por nós para combater o Coronavírus na cidade de Natal. Tudo que eu tenho feito tem sido com base científica. Não tenho tomado decisões pensando em eleição até porque eu não decidi se sou ou não candidato. E estou agindo como cidadão, como prefeito, mas acima de tudo, como médico, por profissão e por vocação.

Se tudo continuar como está, o que o senhor pretende fazer para remediar essa questão das UPAs?

É difícil resolver a questão das UPAs. Porque as UPAs estão superlotadas com pacientes do interior. Eu volto a repetir: é preciso para evitar essa superlotaçâo que o Governo do Estado tome as providências cabíveis e necessárias para tratar e cuidar dos pacientes do interior para evitar esse fluxo de maneira exagerada para Natal. Isso só vai acabar se o Governo do Estado tomar as providências que ele tem de tomar, como a instalação de um Hospital de Campanha para tratar esses pacientes egressos do interior do Estado. Se isso for feito, aí sim nós vamos ter uma ação mais eficaz por parte do Governo do Estado, um amparo melhor, e consequentemente uma situação mais regular para esses pacientes na cidade de Natal. Nós estamos fazendo todo o esforço humanamente possível para enfrentar o coronavírus na cidade de Natal. Nunca trabalhei tanto na minha vida. Espero que todos nós, com a ajuda de Deus, possamos encontrar o caminho para superar essa pandemia tão grave.

O senhor pretende implantar alguma medida complementar para reforçar o isolamento social?

Nós estamos a favor da manutenção do isolamento social. Eu já disse e repito: todas as medidas possíveis e cabíveis que nós estudamos com o Comitê Científico, nós tomamos. E vamos continuar a agir assim. Inclusive estamos estudando a possibilidade de desde já aumentar os leitos do Hospital de Campanha. Mas fazendo questão de sugerir, lembrar, propor e solicitar que o Governo do Estado também faça o seu hospital de campanha para evitar a sobrecarga que o município de Natal está tendo com os pacientes oriundos e egressos do interior.

3 de junho de 2020 às 11:05

Inquérito aberto no MP para investigar contrato da Arena das Dunas com o Estado acelera trabalhos de CPI [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Investigação aberta pelo Ministério Público, sobre o contrato firmado pelo Governo do Estado e a Arena das Dunas, vai adiantar os trabalhos da CPI da Arena, instalada na Assembleia Legislativa e que começará se reunir no dia 8.

A medida do MP foi tomada após receber relatório de uma auditoria da Controladoria Geral do Estado que apontou um prejuízo de R$ 421 milhões ao Rio Grande do Norte durante o tempo de contrato.

O MP vai apurar possíveis irregularidades na contratação e execução da Parceria Público-Privada firmada para a construção do estádio usado na Copa do Mundo de 2014.

O inquérito seguirá sob o comando do promotor Leonardo Cartaxo Trigueiro, da 46ª Promotoria de Justiça da Comarca de Natal.

3 de junho de 2020 às 11:04

Arena das Dunas: o calo de Rosalba nas eleições de novembro e dezembro [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O inquérito aberto pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte, e a CPI instalada na Assembleia Legislativa, para investigar possíveis irregularidades no contrato entre a Arena das Dunas e o Governo do Estado, vai tirar a tranquilidade que aparentava existir no processo de reeleição da prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini.

É que a Arena foi construída na gestão dela como governadora.

Rosalba pode não ter feito nada de errado, mas o clima de investigação, denúncias e exposição durante o período de campanha, vai tirar a paz da prefeita-pré-candidata.

Apesar de ter como certos os adversários deputados Isolda Dantas (PT) e Allyson Bezerra (SD), que vão disputar a Prefeitura de Mossoró, Rosalba vem navegando em mares tranquilos.

O que se diz, ainda, em Mossoró, é que os deputados não ameaçam a reeleição da prefeita.

Já a CPI e o inquérito do Ministério Público…

*

Por causa da pandemia do coronavírus, as eleições municipais deverão acontecer nos dias 15 de novembro (primeiro turno) e 6 de dezembro (segundo).

3 de junho de 2020 às 11:01

Larissa Rosado, o Plano B de Rosalba em Mossoró [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Não foi à toa que a ex-deputada Larissa Rosado deixou o cargo de chefe de gabinete da presidência da Assembleia Legislativa e voltou para Mossoró onde será candidata ‘a qualquer coisa’.

Aparentemente, a vice da prefeita Rosalba, já que Larissa e a mãe, vereadora Sandra Rosado, fazem parte do grupo da prefeita.

Mas…

E se Rosalba se desgastar com a CPI da Arena das Dunas?

Quem seria o nome com potencial eleitoral que Rosalba teria para enfrentar os deputados?

O empresário Jorge do Rosário estava na lista de prováveis vices da Rosa, mas no caso de ter que ficar na cabeça da chapa, faltaria a ele o cacife eleitoral que Larissa tem.

Em 2018, nas eleições para deputado estadual, Larissa não se reelegeu mas teve mais de 25 mil votos, sendo 17.753 em Mossoró.

Jorge obteve 12.017 votos no município.

Adversários de Rosalba, o deputado Allyson foi votado por 13.095 mossoroenses e Isolda por 11.031.

Larissa está em Mossoró e o futuro político dela agora vai depender da Assembleia Legislativa.

Ou da CPI da Assembleia.

Integram a CPI os deputados Coronel Azevedo (PSC) e Tomba Farias (PSDB) como presidente e vice, Sandro Pimentel (PSOL) como relator), e os mossoroenses Isolda Dantas e Allyson Bezerra como membros.

3 de junho de 2020 às 5:07

Governo do RN conclui essa semana a distribuição de quase 3 milhões de máscaras em todo o RN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Governo do Rio Grande do Norte vai entregar essa semana, mais 700 mil máscaras para a população em situação social mais vulnerável em todo o Estado.

Com essa entrega, serão 2,9 milhões de proteções faciais distribuídas a 1,4 milhão de pessoas, doadas pelo programa governamental RN+Protegido.

Todo o material foi fruto de investimento de R$ 3 milhões de recursos próprios do Governo na compra de máscaras abaixo do preço de custo oferecidas pela Guararapes, Coteminas e Sindicato da Construção Civil, que também doaram matéria-prima para confecção de unidades.

A distribuição se dará por entidades, instituições e prefeituras. Serão 315 mil unidades destinadas aos municípios, 65 mil para igrejas, 45 mil às associações classistas empresariais (Assurn e CDL), 30 mil para agricultores familiares, e 25 mil para taxistas e motoristas por veículos de aplicativo.

3 de junho de 2020 às 5:01

Ibope vai fazer testes rápido para estudo sobre evolução do coronavírus em Natal, Caicó e Mossoró [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Pesquisadores do Ibope estarão em Natal, Caicó e Mossoró agora nos dias 4, 5 e 6 de junho para aplicar pesquisa sorológica da Covid-19

O estudo está sendo feito em todo o Brasil, sob coordenação da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), com apoio do Ministério da Saúde.

Os domicílios visitados serão escolhidos por sorteio e os pesquisadores estarão devidamente paramentados para evitar contaminação do vírus da Covid.

Entre os moradores da casa visitada, um será sorteado para realizar o teste rápido (sorologia), por amostra de sangue retirada por uma pequena punção no dedo, para detectar se já foi ou não infectados pelo coronavírus.

O estudo é denominado “Evolução da Prevalência de Infecção por COVID-19”, e vai ajudar a conhecer a propagação do coronavírus na população brasileira.

3 de junho de 2020 às 4:55

Natal Shopping instala novo formato para retirada de compras online [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Após implantar o sistema de drive-thru, o Natal Shopping vai instalar lockers para retirada pelo cliente de compras online.

A ação está prevista para inaugurar ainda neste mês de junho e vai funcionar assim: o cliente acessa o site do Natal Shopping, que o encaminha à loja procurada onde ele faz faz a compra via whats app ou loja virtual, e faz a opção pela retirada do produto nos lockers disponíveis nas áreas de acesso do shopping.

Basta usar o QR Code disponibilizado pela marca para destrancar a gaveta e ter acesso à compra em até 72 horas.

Os lockers começam a ser instalados a partir do dia 01 de junho no

A expectativa é de que até final de junho o serviço esteja disponível em todos os shoppings da rede Ancar Ivanhoe, que administra o Natal Shopping.

3 de junho de 2020 às 4:44

Fátima convoca prefeitos a ‘endurecer medidas de isolamento’ [0] Comentários | Deixe seu comentário.

“Vamos endurecer as medidas de isolamento e contamos com a colaboração de toda a sociedade potiguar para que isso aconteça da melhor forma possível, com transparência nos dados e nas ações, respeito à dignidade de toda população e respeito em especial aos profissionais da linha de frente”.

A declaração da governadora foi feita durante mais uma reunião virtual com prefeitos do Rio Grande do Norte nesta terça-feira.

Depois de conversar com a prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini, Fátima reuniu os prefeitos de Ceará-Mirim, Monte Alegre, São José de Mipibu, Nísia Floresta, Goianinha, lelmo Marinho, Arês, Maxaranguape, Vera Cruz e Bom Jesus.

3 de junho de 2020 às 4:35

‘Pacto pela Vida’ proposto pela governadora Fátima à prefeita Rosalba impõe medidas mais rígidas de combate ao coronavírus [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A governadora Fátima Bezerra propôs nesta terça-feira, à prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini, o “Pacto pela Vida”.

Em reunião por videoconferência, Fátima fez um apelo para que a administração da segunda cidade mais populosa do estado tenha um maior envolvimento no cumprimento e fiscalização das medidas dos decretos estaduais.

“Esse ‘Pacto pela Vida’ é fundamental. O alinhamento com outros municípios, orientados pelo Governo do Estado, é muito importante”, afirmou Rosalba.

“Contamos com o apoio de Mossoró, por ser uma cidade muito populosa e que centraliza no Alto Oeste do estado grande circulação de pessoas. O Estado terá uma ação especial de reforço nas forças de segurança direcionada para o combate à Covid-19”, disse a governadora, que citou entre as ações, o fechamento do acesso às praias de Grossos, Areia Branca e Tibau.

O “Pacto pela Vida” propõe mais fiscalização nas feiras livres, proibição de circulação de áreas públicas, controle de circulação com blitzen, rondas nos bairros e comércios, proibição de circulação em áreas públicas, fechamento de acesso às praias e controle de trânsito.

Nesta quarta-feira a governadora Fátima Bezerra vai se reunir com prefeitos Apodi, Baraúna, Campo Grande, Caraúbas, Felipe Guerra, Governador Dix-Sept Rosado, Janduís, Messias Targino, Serra do Mel e Upanema.

3 de junho de 2020 às 4:17

Advogado Aldo Clemente deixa funções públicas para disputar mandato de vereador em Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Presidente da Associação Nacional de Servidores dos Ministérios Públicos (Ansemp), o advogado Aldo Clemente deixa o cargo.

Ex-vereador, ele se desincompatibiliza para voltar a disputar uma vaga na Câmar de Natal.

Aldo também se afasta da função de diretor da Federação Nacional de Servidores dos Ministérios Públicos Estaduais (Fenamp).

Ele obedecendo a legislação eleitoral, que determina o afastamento de cargos de comando em entidades de classe de quem pretende disputar cargos eleitorais.

3 de junho de 2020 às 3:59

Queimaduras: Lei do vereador Paulinho Freire que institui o Junho Laranja foi aprovada na Câmara [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Câmara de Natal aprovou nesta terça-feira (02), durante sessão ordinária virtual, projetos de Lei do presidente da Casa, Paulinho Freire, que institui na capital a campanha Junho Laranja.

A campanha estabelece o mês de junho como de prevenção a queimaduras.

3 de junho de 2020 às 3:50

Lei de autoria do vereador Paulinho Freire assegura vacinação domiciliar de pessoas com deficiência motora em Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Lei de autoria do presidente da Câmara Municipal de Natal, vereador Paulinho Freire, foi ssncionada pelo prefeito Álvaro Dias.

É a lei que assegura a aplicação de vacinas em pessoas com deficiência motora incapacitante, em suas residências ou em asilos, fundações, casas de repouso e entidades que agrupem pessoas com mobilidade reduzida.

“Este ato é muito importante porque irá contribuir para que várias pessoas que necessitam de uma atenção especial tenham acesso às vacinas em casa. O novo benefício faz toda a diferença para muitas famílias agora, em meio a essa crise sanitária, porque as pessoas não estão podendo sair de casa. Mas quero lembrar também que mesmo quando essa crise passar a lei permanecerá em vigor com o serviço assegurado”, afirmou Paulinho.

A lei abrange vacinas contra Influenza, pneumocócica 23-valente, difteria e tétano, febre amarela e hepatites (A, B, A+B).

“Agradeço a sensibilidade do poder executivo em sancionar essa ideia proposta por nosso mandato através do trabalho do legislativo municipal. Além de fiscalizar e zelar pelo serviço público, o trabalho do vereador é esse: pensar projetos de lei que possam assegurar melhoria de vida e bem estar para a população”, explicou Paulinho.

3 de junho de 2020 às 3:38

Presidente Ezequiel Ferreira faz entrega de doação da Assembleia Legislativa ao Hospital da PM e outras unidades de saúde do Estado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente da Assembleia, deputado Ezequiel Ferreira, foi à sede do Comando Geral da Polícia Militar nesta terça-feira, entregar parte da doação dos EPIs para a rede de saúde e segurança pública.

O presidente também repassou o aporte financeiro feito pela Assembleia Legislativa ao .

Os recursos de pouco mais de 2 milhões, garantem a manutenção de leitos de UTI no Hospital da PM.

A Assembleia doou ainda 141 mil litros de álcool e 25 mil máscaras para serem distribuídos com profissionais de saúde e os agentes de segurança que estão na linha de frente no combate ao coronavírus em todo o Estado.

Presentes o secretário de Segurança do Estado, Coronel Araújo, o comandante da PM, Coronel Alarico, a delegada geral da Polícia Civil, Ana Cláudia, o diretor do Hospital da PM, Roberto Galvão, o diretor do Itep, Marcos Brandão, diretor do Corpo de Bombeiros, Monteiro…