Thaisa Galvão

22 de junho de 2020 às 23:05

Live com tributarista Paulo de Barros Carvalho é dica para advogados e estudantes de Direito [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Uma aulinha de Direito Tributário para ninguém botar defeito.

Fica a dica para estudantes e advogados.

Paulo de Barros Carvalho é autor de 64 livros e de 73 capítulos que escreveu para obras de outros autores.

Ele participou e ainda participa da elaboração de diversas leis fiscais no país, sendo regularmente consultado antes mesmo que seus projetos comecem a tramitar.

A live que homenageia o jurista é promovida pela Associação Brasileira de Direito Tributário (Abradt).

22 de junho de 2020 às 22:49

Covid: Depois de 13 dias internado, Padre Francisco Fernandes recebe alta do Hospital da Liga em Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Internado no Hospital da Liga, em Natal, desde o dia 9, o Padre Francisco Fernandes recebeu alta nesta segunda-feira, 22.

O titular da Paróquia do Bom Jesus das Dores, na Ribeira, Padre Francisco se curou da covid.

22 de junho de 2020 às 21:17

Jornalista repete o que falecido aliado de Bolsonaro dizia: advogado Wassef queria sequestrar o colunistas de O Globo, Lauro Jardim [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Entrevistada no programa “3 em 1” da rádio Jovem Pan, nesta segunda-feira, a jornalista Thaís Oyama reafirmou o que o falecido aliado do presidente Bolsonaro, Gustavo Bebianno, já havia dito em entrevista na mesma Jovem Pan, no ano passado.

Bebianno disse que uma pessoa próxima do presidente queria sequestrar o colunista do Globo, Lauro Jardim.

Porém, não revelou a identidade.

Hoje Thais Oyama foi mais longe.

Disse com todas as letras que foi o advogado da família Bolsonaro , Frederick Wassef, quem planejou sequestrar Lauro Jardim.

E falou sobre a personalidade do advogado, dizendo que “ele é um elemento altamente instável, tem uma personalidade muito forte e sabe intimidar”.

Confira:

22 de junho de 2020 às 21:05

Os leitos do Governo do RN para tratamento de Covid [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Vídeo do Governo do Estado postado em redes sociais mostram os leitos abertos para tratamento de covid.

Confira:

22 de junho de 2020 às 16:33

Prefeitura de Macau realiza mais de 100 testes da covid-19 em idosos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Em mais uma ação de combate à Covid-19, a Prefeitura de Macau, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS/Macau), finalizou, neste sábado (20), a primeira etapa da realização dos testes rápidos para detecção da Covid-19 tendo como público alvo idosos a partir dos 60 anos.

A ação aconteceu na Praça Monsenhor Honório, das 9h às 17h, no sistema drive-thru.

O teste foi recomendado a pessoas desse grupo que apresentaram algum sintoma leve de gripe nos últimos 10 dias: tosse, dor de cabeça ou febre, por exemplo.

O teste rápido em cassete 2019-Ncov igG/lgM (Sangue Total /Soro/Plasma), indica a presença de anticorpos igG e IgM para 2019-nCoV na amostra.

Esse exame analisa os índices de IgG e IgM de cada pessoa através de uma gota de sangue colhida no dedo.

Quando o resultado é positivo para IgG, é porque teve algum contato com o vírus e o organismo produziu anticorpos; já o IgM positivo mostra que a infecção foi recente e o corpo iniciou a produção desses anticorpos.

No primeiro dia foram realizados 101 testes, e destes 22 positivaram para a Covid-19, com uma estimativa de 80% negativos e 20% positivos.

Após higienização de carros e dos passageiros, aferição dos sinais vitais e medição da temperatura corporal, os pacientes que testaram positivo, receberam orientação médica quanto ao tratamento e medicação a ser usada como Ivermerctina e Azitromicina e assistência de como devem proceder.

Todos os pacientes positivados serão monitorados pela equipe da Secretaria de Saúde enquanto estiverem em isolamento.

“Agradecemos a todos os profissionais envolvidos na ação que é mais uma forma de enfrentamento à pandemia da Covid-19. Nessa primeira fase da Ação pela Vida, nosso público foi formado por idosos. Vamos continuar a testagem nas casas dos idosos e já determinamos a realização de testes em todos os profissionais da saúde e distribuição de Ivermectina. Não mediremos esforços para controlar a pandemia no município, protegendo e tratando nossos conterrâneos”, afirmou o prefeito Túlio Lemos,presente à ação.

O sistema de testagem rápida será levado aos distritos, com data a ser confirmada pela Secretaria de Saúde.

22 de junho de 2020 às 16:19

Flávio Bolsonaro contrata ex-advogado de Sérgio Cabral para substituir Wassef [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Com a saída de Frederick Wassef, o senador Flávio Bolsonaro contratou o advogado Rodrigo Roca para fazer sua defesa.

Quem é Roca?

Até 2018 ele atuou na defesa do ex-governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral.

Cabral está preso no Bangu 8.

Fabrício Queiroz, gota d´água para os escândalos envolvendo Flávio Bolsonaro, está preso no Bangu 8.

22 de junho de 2020 às 14:58

Prefeitura de Natal fará nova etapa de testagem rápida para profissionais de saúde do município [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Em continuidade à testagem de Covid-19 voltada aos profissionais da saúde, a Prefeitura de Natal está reiniciando nesta segunda-feira (22) os exames aos servidores nos Distritos Sanitários.

A estratégia do teste, com objetivo de identificar e tratar possíveis servidores contaminados pelo coronavírus, já aconteceu na Rede de Urgência e Emergência da capital, no início deste mês, e agora chega às Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Policlínicas.

Os Distritos Sanitários Norte I e Norte II, que compreendem a Zona Norte, serão os primeiros a receber a ação.

A Secretaria Municipal de Saúde reservou três dias de testagem para cada Distrito.

A testagem será iniciada no Norte I a partir das 13h, desta segunda-feira (22) e segue até quarta-feira (24). Na quinta-feira (25), será a vez do Norte II.

Uma equipe laboratorial fará o teste rápido nos servidores da sede do Distrito.

Os indivíduos que apresentarem IGM positivo no resultado serão orientados pela equipe médica para definir estratégia adequada no tratamento da doença. Essa medida reforça a diminuição do contágio e também condiz com o cuidado da Prefeitura com quem está na linha de frente da saúde.

“Esse teste rápido é uma preocupação a mais que temos com a saúde dos nossos servidores nesse período da pandemia. Ele é simples e o resultado está disponível no mesmo dia. Através de uma gota de sangue, a gente consegue ver quem está com a doença ativa e também quem já teve contato com o vírus para que a gente possa tomar as medidas necessárias”, informa a secretária-adjunta da SMS, Rayanne Araújo.

Parceria com UFRN

Além desses testes rápidos, os servidores de Saúde de Natal vão ter acesso nos próximos dias a outros meios para detectar casos de Covid-19.

Em ação conjunta com a UFRN, a Prefeitura vai ampliar a testagem molecular para servidores e também para usuários da rede pública de Saúde do Município.

Os testes já vinham sendo realizados nas quatro Unidades de Pronto Atendimento em Natal e no Hospital dos Pescadores, no bairro das Rocas, além do Hospital de Campanha.

O trabalho alcançava a média de 80 testes, diariamente. Média que vai praticamente triplicar com a ampliação dos diagnósticos, permitindo a testagem de 220 pessoas por dia.

Em outra frente, a Prefeitura vem fazendo testes rápidos voltados para idosos e pessoas com comorbidades comprovadas.

A testagem em massa para esses públicos é feita desde a semana passada, em sistema de drive thru, sem que as pessoas precisem sair de seus carros. A primeira etapa foi realizada na Arena das Dunas e a segunda começará nesta terça (23), no ginásio Nélio Dias.

22 de junho de 2020 às 14:47

Wassef deixa de advogar para a família Bolsonaro depois de notícia que a ex-mulher e sócia dele já recebeu 41 milhões do governo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O advogado Frederick Wassef deixa a família Bolsonaro.

Ou foi deixado.

O ‘Anjo’ que já foi chamado de ‘Deus’, quando conseguiu convencer o STF a suspende rem 2019 as investigações contra o senador Flávio Bolsonaro, filho do presidente Bolsonaro, se enrolou após ser apontado como responsável por esconder o ex-assessor de Flávio, Fabrício Queiroz, preso no interior de São Paulo.

O anúncio foi feito, coincidentemente, depois dessa reportagem publicada pelo UOL, mostrando que a ex-mulher e sócia de Wassef, já faturou 41 milhões de reais em um ano e meio de governo Bolsonaro.

Confira:

 

Empresa da ex-mulher de Wassef recebeu R$ 41 milhões no governo Bolsonaro

Constança Rezende e Eduardo Militão

do UOL, em Brasília

Uma empresa ligada à ex-mulher e sócia do advogado Frederick Wassef, que defende o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), recebeu R$ 41,6 milhões durante a gestão de Jair Bolsonaro (sem partido). O valor se refere a pagamentos efetuados entre janeiro de 2019 e junho deste ano pelo governo federal para a Globalweb Outsourcing — empresa fundada por Cristina Boner Leo.

Os valores pagos à Globalweb em menos de um ano e meio da gestão Bolsonaro, R$ 41 milhões, já chegam aos pagos à empresa nos quatro anos de gestão compartilhada por Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (MDB), R$ 42 milhões. A empresa presta serviços de informática e tecnologia da informação a diferentes órgãos da administração federal, como o Ministério da Educação e o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Social).

Segundo levantamento feito pelo UOL no portal da Transparência e Diário Oficial, os contratos que a empresa tinha negociado com governos anteriores foram prorrogados e receberam aditivos de R$ 165 milhões pela gestão de Bolsonaro. Além disso, o novo governo fechou novos contratos com a Globalweb Outsourcing no valor de R$ 53 milhões — totalizando um compromisso de R$ 218 milhões a serem pagos pelos cofres públicos nos próximos anos. Questionado, Wassef disse que os negócios da empresa não têm relação alguma com ele, acusou um ex-marido de Cristina de persegui-la e defendeu Jair Bolsonaro. A Globalweb e Cristina negaram “qualquer tentativa de vinculação de seus resultados ou das contratações como fruto de influência política”. O Palácio do Planalto não se manifestou.

Foi em um imóvel do Wassef em Atibaia, no interior de São Paulo, que Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, foi preso pela polícia na última quinta-feira (18) sob acusação de lavagem de dinheiro. O advogado não quis comentar esse assunto com o UOL.

 

Cristina representa a empresa em eventos

Aberta em 2010, a Globalweb é hoje administrada por Bruna Boner Leo Silva, filha de Cristina, ex-mulher de Wassef. Além de ter criado a empresa, Cristina foi apresentada como CEO e presidente do Conselho de Administração da Globalweb, durante fórum do Instituto de Formação de Líderes (IFL), em 2017. Em agosto de 2019, ela também representou a empresa num evento da Rede Nacional de Pesquisas (RNP).

Em junho do ano passado, a empresária foi condenada por improbidade administrativa no chamado “mensalão do DEM” e proibida de fechar contratos com a administração pública até 2022, de acordo com sentença do juiz Mário Henrique Silveira, da 2ª Vara de Fazenda Pública do Distrito Federal.

 

Advogado e ex são sócios em terreno

A empresária e Wassef mantêm amizade até hoje, apesar de estarem separados. Até o ano passado, o advogado era representante legal de Cristina em processos judiciais. Eles também são sócios em um terreno comprado com 339 mil metros quadrados, em São Francisco do Sul (SC). Em maio de 2013, a Justiça de São Paulo chamou Wassef de “companheiro” de Cristina, em processo criminal envolvendo outro ex-marido da empresária.

Wassef se apresenta como advogado de Bolsonaro e diz que tem procurações assinadas pelo presidente que comprovam isso. Ele também costuma dar entrevistas em nome do presidente e frequentar o Palácio do Planalto. Na quinta-feira (18), a advogada Karina Kufa, que também frequenta o Palácio, enviou nota afirmando que estão com o seu escritório todas as ações do presidente, “sejam elas cíveis, criminais ou eleitorais, em curso no poder Judiciário, exceto aquelas de competência da Advocacia Geral da União – AGU”.

“O advogado Frederick Wassef não presta qualquer serviço advocatício em nenhuma ação em que seja parte o senhor Jair Messias Bolsonaro e não faz parte do referido escritório, não constando seu nome em qualquer processo”, declarou.

 

Presidente comprou Land Rover

A empresária também ganhou destaque na imprensa após a revista Veja revelar, em abril do ano passado, que Bolsonaro havia comprado, anos antes, uma Land Rover blindada de uma outra firma dela, a Compusoftware, na época comandada por Cristina. O presidente adquiriu um veículo preto modelo 2009/2010. À revista, a empresária disse que uma agência de veículos intermediou o negócio e que Bolsonaro quitou a compra por meio de uma transferência eletrônica de R$ 50 mil, embora o veículo, fosse avaliado em cerca de R$ 77 mil à época.

Bolsonaro jamais favoreceu empresários, diz advogado O UOL perguntou a Wassef se o aumento nos pagamentos e contratos da Globalweb com o governo guardava relação com eventual interferência do advogado. Ele disse que não.

“A resposta é: isso é fakenews e crime de calúnia”, iniciou. “Não existe.” Jamais o presidente Bolsonaro moveu uma palha para quem quer que fosse. Isso é pura calúnia e ilação Frederick Wassef, advogado O advogado disse que manteve relacionamento com Cristina entre 2008 e 2017. Ele defendeu a empresária em processos judiciais. Mas afirmou que não trabalhou para a Globalweb nem mesmo informalmente. Wassef acusou um ex-marido de Cristina persegui-la e estar por trás de notícias mecionando o nome da empresária. “Cristina é vítima de perseguição.”

A Globalweb e Cristina Boner foram procurados pela reportagem por meio de assessores e de correio eletrônico. O UOL questionou Cristina sobre sua relação com Wassef, o aumento de contratos da empresa no governo Bolsonaro e a eventual atividade do advogado na empresa. Também questionou se Bolsonaro já esteve na residência onde Cristina morava, assim como Flávio Bolsonaro. Além disso, questionou se a empresa estar em nome da filha não seria contrária a uma decisão da Justiça do DF que a proibiu de contratar com a administração pública.

A assessoria de imprensa de Cristina respondeu com uma nota: “A Globalweb repudia qualquer tentativa de vinculação de seus resultados ou das contratações pelo Estado como fruto de influência política. A empresa participa de licitações, abertas aos diversos competidores do mercado de tecnologia, por meio de pregão eletrônico, com finalização em resultado aleatório. Com relação aos contratos renovados a partir de 2019, a Globalweb informa que os mesmos foram assinados em períodos anteriores e que possuem renovação automática.” Assina o texto Pedro Rondon, como presidente da Globalweb. O Palácio do Planalto disse que não se manifestaria. Os esclarecimentos serão publicados pelo UOL se forem recebidos.

*

 

22 de junho de 2020 às 14:36

‘Anjo’ de Queiroz, advogado Frederick Wassef já foi chamado de ‘Deus’ [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Em setembro do ano passado, a revista Epoca publicou uma reportagem mostrando quem é Frederick Wassef, que à época conseguira uma reviravolta no Supremo Tribunal Federal e deixou o país de queixo caído.

Decisão do ministro Dias Toffoli suspendia todas as investigações feitas com base no compartilhamento de dados bancários sem autorização judicial, atendendo a pedido da defesa do senador Flávio Bolsonaro.

“Você não sabe o que está acontecendo! Você não tem noção do que está acontecendo, você não tem noção!”, berrava ao telefone Frederick Wassef, a um interlocutor, aparentemente alguém íntimo.

“A decisão… Amor… O meu nome… Tá o Brasil inteiro me ligando e me chamando de Deus! Você não tem noção! É uma bomba atômica! Amor, está comigo, te mando agora. O Flávio, o presidente, tudo infartado, chorando…”.

As declarações acima foram ouvidas por ÉPOCA enquanto aguardava que Wassef conversasse por telefone com a reportagem.

*

Huummm…

O Deus que teria virado Anjo…

 

O texto do jornalista Bruno Abbud, de Época, aponta Wassef como o escolhido pelo ‘clã Bolsonaro’ para tomar conta do mais rumoroso caso que pesa contra a família: as movimentações financeiras atípicas do senador Flávio e de seu ex-motorista Fabrício Queiroz.

 

Segundo a reportagem, Wassef começou a se relacionar com a família em 2016, quando a candidatura de Jair Bolsonaro à Presidência ainda era tratada como um devaneio político. “Comprou na baixa e depois passou a surfar na alta”.

 

Foi no sofá do futuro presidente que Wassef acompanhou as apurações dos votos nos dois turnos das eleições.

Antes era figurinha carimbada no gabinete do então deputado federal Jair Bolsonaro, dizendo-se “amigo dos maiores PIBs do Brasil”, que prometia apresentá-los a Bolsonaro.

Em junho do ano passado assumiu oficialmente a defesa de Flávio no processo que apura a prática da “rachadinha”.

22 de junho de 2020 às 14:35

Ex-marido de empresária que virou ré por corrupção, Wassef disse que era amigo e trabalhava para Flávio Rocha [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A reportagem do ano passado da revista Época mostrou que o advogado da família Bolsonaro, Frederick Wassef, nunca foi um advogado famoso e que o nome dele constava em poucos processos judiciais.

À revista ele justificou, afirmando que é discreto e que é amigo, frequentador de casas de bilionários, e citou o potiguar Flávio Rocha.

“Toda vida fui um cara discreto, não gosto de fama ou de holofote. Vou lá e faço tudo fisicamente. Assino. Você nunca vai achar meu nome nos processos eletrônicos, e faço de propósito. Não quero que saibam que advogo para o Flávio Rocha (acionista das lojas Riachuelo), para o David Feffer (acionista da Suzano Papel e Celulose). Esses são os tipos de cara que se relacionam comigo, bilionários. Frequento a casa deles, advogo nas coisas íntimas do cara, da esposa, dos filhos, da empresa”, disse Wassef, em seu característico tom espalhafatoso, falando alto e alternando gestos desencontrados com passadas da mão no cabelo revolto.

Procurado à época pela revista, Flávio Rocha reagiu.

“Ele nunca trabalhou para a gente. Nunca prestou nenhum serviço, o mais próximo foi na época de nossa campanha. Ele fazia parte de alguns grupos que se mobilizavam para divulgar as ideias lá em Brasília. Tinha centenas de pessoas que faziam isso, era um grupo difuso, ele não tinha um papel, era só um simpatizante. Mas nunca houve vínculo profissional, muito menos como advogado”.

 

A visibilidade do advogado Frederick Wassef, de acordo com a reportagem de Bruno Abbud, da revista Época, se deu a partir da união estável com a empresária Maria Cristina Boner Leo.

Pessoas influentes só conheciam Wassef como marido de Boner.

Foi Wassef que assinou, como advogado, a separação litigiosa Cristina Boner com o ex-marido Antonio Bruno Di Giovanni Basso, ex-vice-presidente de contas de mercado governamental da Microsoft.

Hoje ele diz que o casamento acabou, mas ele segue como representante legal da ex-companheira.

Bruno Di Giovanni Basso foi condenado e preso por extorsão.

A reportagem mostrou que no início dos anos 90, Boner apareceu em uma foto com o bilionário Bill Gates para anunciar que representaria a Microsoft com exclusividade em vendas do software Windows para órgãos públicos brasileiros.

Logo, a pequena revenda de softwares da empresária, chamada TBA Informática, se transformou na TBA Holding, que hoje reúne mais de 30 empresas.

O império no mercado da tecnologia foi montado em conjunto: Boner, como representante da Microsoft, e Basso, como executivo da multinacional e depois sócio na TBA.

Os dois saíram a fechar contratos por todo o país.

Com o divórcio em 2007, o processo de partilha envolveu um patrimônio avaliado na época em R$ 300 milhões. A divisão dos bens foi interrompida depois de Boner ter acusado o ex-marido de agressão e extorsão. Basso passou sete meses preso. A partilha ainda corre na Justiça.

De empresária visionária, a ex-mulher de Frederick Wassef tornou-se ré por corrupção.

Ela foi flagrada em um vídeo de 2006 no qual negocia propinas em troca de contratos com o governo do Distrito Federal (DF), à época comandado por José Roberto Arruda.

Suas empresas haviam fechado contratos com a Caixa Econômica Federal, o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), os ministérios da Justiça e da Educação, Banco Central, INSS, Câmara dos Deputados, Tribunal Superior Eleitoral e Correios, até ela ser pilhada em negociatas escusas com o governo do DF.

Na ocasião, o foco era um contrato para instalar em Brasília o projeto Na Hora, o Poupatempo candango, no qual Boner acabou se tornando alvo da Operação Caixa de Pandora, da Polícia Federal.

22 de junho de 2020 às 13:04

Taipu: Mais um município decreta lock down no Rio Grande do Norte [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Mais um município do Rio Grande do Norte decreta lock down para tentar minimizar a transmissão do vírus da covid.

Decreto do prefeito Bastinho institui a política mais rígida de isolamento começando nesta segunda-feira e seguindo até o dia 30 de junho, podendo ser prorrogado.

O decreto consiste no controle da circulação de pessoas e veículos nos espaços e vias públicas.

Municípios como Itaú e Areia Branca já haviam decretado lock down.

22 de junho de 2020 às 12:51

Ministério Público do Estado, Federal e do Trabalho emitem parecer recomendando adiar a flexibilização do isolamento social [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Com base no boletim epidemiológico de 20 de junho, onde a taxa de ocupação total era de 97 % dos leitos de UTI públicas e 86% de UTI privadas ocupadas por pacientes de covid, o Ministério Público do Estado, o Ministério Público Federal e o Ministério Público do Trabalho recomendaram ao Governo do Estado e às prefeituras municipais, a não flexibilizarem ainda o isolamento social.

O documento foi assinado nesta segunda-feira (22) e diz que o Governo do Estado deve garantir que a retomada das atividades econômicas não essenciais ocorra apenas quando verificadas as condicionantes epidemiológicas e de percentual de taxa de ocupação de leitos clínicos e de UTI Covid.

Já as Prefeituras devem se abster de praticar quaisquer atos, inclusive edição de normas, que possam flexibilizar medidas restritivas estabelecidas pelo Governo Estadual.

O MPRN, o MPF/RN e o MPT/RN fixaram prazo de 24 horas para a comunicação sobre o acatamento dos termos da recomendação, informando as providências adotadas, com o encaminhamento de decretos municipais ou outros atos eventualmente editados.

Na sexta-feira o Governo publicou portaria com regras para a primeira fase da retomada da economia com a abertura gradual de estabelecimentos considerados não-essenciais, mas dependendo da diminuição do índice de retransmissibilidade do coronavírus e da taxa de ocupação de leitos.

A data prevista para a retomada era agora, depois de amanhã, 24 de junho, o que não deverá mais acontecer de acordo com a recomendação do Ministério Público do Estado, Federal e do Trabalho.

22 de junho de 2020 às 9:36

Ministro Rogério Marinho deixou o PSDB em maio quando esteve em Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Blog descobriu o que, realmente, o ministro Rogério Marinho fez em Natal, na viagem que fez entre os dias 7 e 9 de maio.

Rogério esteve na capital potiguar onde discretamente se desfiliou do PSDB.

Só agora o assunto veio à tona, mas a saída do partido já tem mais de um mês.

22 de junho de 2020 às 8:39

Propostas de homenagem ao empresário Nevaldo Rocha chegarão hoje à Câmara de Natal e à Assembleia Legislativa do RN [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Câmara de Natal e a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte vão receber nesta segunda-feira, projetos de lei dos executivos municipal e estadual, respectivamente, homenageando o empresário Nevaldo Rocha, que morreu no dia 17.

O prefeito Álvaro Dias propõe à Câmara a aprovação da troca de avenida Senador Salgado Filho por avenida Nevaldo Rocha.

A governadora Fátima Bezerra propõe à Assembleia a aprovação do nome de Nevaldo Rocha ao Distrito Industrial de Natal.

A Salgado Filho já começa a enfrentar polêmica nas redes sociais por causa da mudança de endereços que irá provocar.

Na Salgado Filho está localizada a marca de Nevaldo Rocha: o shopping Midway Mall foi construído onde durante anos foi a Guararapes.

O Distrito Industrial ainda não tem nome homenageando ninguém. Distrito Industrial de Natal.

É lá, na divisa de Natal com os municípios de Natal e Ceará-Mirim, que está instalada a fábrica Guararapes.

Tanto Álvaro quanto Fátima anunciaram no final de semana que enviariam o projeto ao legislativo nesta segunda.

22 de junho de 2020 às 8:35

Com a palavra a assessora de ‘imprensa’…limpa ou suja? [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O senador Styvenson deu brabo porque a irmã, desempregada e enquadrada nos critérios do auxílio emergencial, requereu o que lhe era de direito.

Chateado com a irmã, que não tem salário nem vantagens de senador, Styvenson atacou mesmo foi a imprensa.

Na live pública lavando a roupa suja da família…disse que a imprensa era suja.

Assim, sem mais nem menos.

A irmã pede o auxílio e a imprensa paga o pato.

Com a palavra a jornalista Glácia Marilac, assessora de imprensa do senador, que faz o relacionamento do parlamentar com a mídia.

Atuante na imprensa potiguar por muitos anos, Glácia é pré-candidata a vereadora.

Tomara que não pense igual ao líder.

22 de junho de 2020 às 8:31

Quem manda no transporte coletivo de Natal determinou greve nesta segunda-feira [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Para quem ficou sem ônibus em Natal na manhã desta segunda-feira, mas precisava sair de casa…

Eis o áudio do ex-presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários, Júnior Rodoviário.

Detalhe: em toda eleição é pré-candidato a vereador.

Detalhe: Não é mais presidente do Sintro.

Dando ordem braba

“Na tora. Sem desculpa”.

Manda no transporte coletivo de Natal.