#JornalismoSemFakeNews

9 de julho de 2020 às 11:17

Vereadores insatisfeitos com indicação de Carlos Eduardo Alves tentam emplacar vice de Álvaro

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Por onde vai passar a indicação do vice do prefeito de Natal, Álvaro Dias, na disputa pela reeleição?

Pelo PDT do ex-prefeito Carlos Eduardo Alves.

O problema é que Carlos Eduardo quer uma indicação familiar, e não partidária.

E nesse caso o nome seria o de Aíla Cortez, ex-secretária de Tributação do município, filha do ex-governador Cortez Pereira e prima de Andreia Ramalho Alves, mulher de Carlos Eduardo.

Sem peso político, Aíla não agrada aos filiados ao PDT com mandato, que são os vereadores.

Na Câmara, com aval dos vereadores do PDT, há uma articulação em torno da indicação do vice.

Carlos Eduardo não tem mandato.

Aíla também não.

Os vereadores, além de mandato, tem trabalhado a reeleição com suas bases nos bairros de Natal.

Carlos Eduardo não.

Nem Aíla.

A indicação na Câmara seria do PDT com apoio dos demais vereadores que fazem parte da bancada do prefeito.

Álvaro conta hoje com o apoio de 21 dos 29 vereadores.

Dois nomes do PDT ‘de Carlos Eduardo’ surgem como bolas da vez: da vereadora Nina Souza e do vereador Dickson Júnior.

O PDT atraiu vários vereadores, entre eles o presidente da Câmara Paulinho Freire.

Estão filiados hoje ao PDT:

Paulinho Freire, Nina Souza, Dickson Júnior, Ney Júnior, Ary Gomes, Robson Carvalho, Dinarte Torres, Felipe Alves e César de Adão Eridan.

São 9 vereadores num chapão que no final deverá desagradar boa parte.

Resta saber o que o PDT de Carlos Eduardo vai garantir a cada um para conseguir emplacar o seu projeto familiar na chapa de Álvaro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.