Thaisa Galvão

28 de julho de 2020 às 17:27

População de rua conta com apoio da Prefeitura de Natal durante a pandemia [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A população em situação de rua em Natal conta com um forte apoio da Prefeitura para enfrentar esse período de crise sanitária em virtude da pandemia do novo coronavírus. Como forma de dar assistência a essa parcela vulnerável da população, a gestão municipal vem adotando diversas iniciativas, como a instalação de quatro novos abrigos provisórios, a ampliação da estrutura do Centro de Referência Especializado (Centro POP) e o acolhimento propriamente dito.

“É compromisso da gestão cuidar, amparar e oferecer todos os cuidados para as pessoas que vivem em situação de rua na cidade. Desde o início dessa crise sanitária, trabalhamos muito para oferecer o melhor acolhimento para os usuários do nosso sistema. Estamos atentos e seguiremos firmes no propósito de qualificar ainda mais as nossa estrutura para que eles tenham acessos aos serviços essenciais e possam passar por esse momento da melhor forma possível”, destacou a secretária municipal de Trabalho e Assistência Social, Andréa Dias.

Os abrigos provisórios funcionam 24h por dia nas escolas municipais Celestino Pimentel e Santos Reis. Responsável pela coordenação dessa política pública, a Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas) trabalha para implementar um abrigo 24h definitivo, quando as aulas presenciais na rede municipal de Educação forem retomadas.

Nesses abrigos, os usuários contam com alimentação, banheiros, lavanderias, fornecimento de álcool gel, máscaras faciais de proteção descartáveis e material informativo sobre a Covid-19, além de material de higiene pessoal para os usuários que não aceitarem permanecer nos abrigos; realização de palestras que contemplem orientações com os cuidados necessários para prevenção do Covid-19.

A população em situação de rua dispõe ainda do Albergue Municipal e de outro abrigo criado, durante a pandemia, proveniente de cooperação técnica com a Sociedade Espírita de Cultura e Assistência e com a Casa Espírita Bom Samaritano. Já na Zona Norte, foi firmada parceria com a Igreja Batista Independente Betel para o fornecimento de alimentação (jantar) e espaço para a higiene dessas pessoas.

Além dos abrigos, a Semtas presta serviços para pessoas em situação de rua o ano inteiro. O Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP) funciona de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h, e, atualmente, está atendendo aproximadamente 65 pessoas por dia. Ao público-alvo do Centro Pop, são oferecidos atendimentos socioassistenciais, espaço adequado para a realização da higiene pessoal, acesso à alimentação, espaço para guarda de pertences e lavanderia.

Os comentários estão desativados.

Comments are closed.