Thaisa Galvão

30 de julho de 2020 às 17:36

Comitês de Educação e de Saúde do Estado definiram que não há condição de retomada de aulas presenciais em agosto [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O secretário de Educação do RN, Getúlio Marques, informou que a reunião dos Comitês de Educação e da Segurança da Saúde, ocorrida nesta quarta-feira, definiram que não há condições para o reinício das aulas presencias no dia 17 de agosto como estava previsto.

“A pesquisa é unânime. As condições para retornar dia 17 agosto não são favoráveis. É preciso aguardar uma melhoria mais efetiva no quadro da pandemia para voltarmos com segurança. Precisamos esperar o momento certo para voltar, mas não será antes do final de agosto. Educação é direitos de todos e a gente quer preservar, mas só retornaremos com segurança por que isso significa mais de um milhão de pessoas voltando a circular em todo o Estado”, enfatizou.

Sobre as escolas no interior do Estado, o secretário Getúlio disse que as prefeituras não têm prerrogativa para autorizar o funcionamento presencial das escolas privadas.

“Especialmente aquelas que têm ensino médio, que é competência do Estado e do Conselho Estadual de Educação. As prefeituras podem deliberar sobre o ensino fundamental e a educação infantil”.

Os comentários estão desativados.

Comments are closed.